Vescera: amo o Dr Sin, os caras são incríveis – Entrevista exclusiva

Mikevescera03

Entrevista por Clovis Roman – Imagens por divulgação – Edição por André Luiz

O cantor Mike Vescera é um dos grandes destaques do Metal Singers, que começa sua jornada pelo Brasil em 2015 no dia 15 de janeiro, em Curitiba, e segue por mais cinco cidades pelo país. Afinal, o cara está há muito tempo sem vir ao país, desde quando integrou a banda nacional Dr Sin, no começo do atual milênio – portanto, há cerca de 15 anos. Antes, ele já havia nos visitado ao lado do guitarrista Roland Grapow (na época, do Helloween), divulgando o álbum Kaleidoscope. Em 2013, sua vinda estava certa para o festival Live´N´Louder, mas um problema simplório impediu a viagem do cantor. Apesar de ter sido uma rápida conversa, relembramos todos esses fatos e mais alguns pontos.

Clovis Roman – No final dos anos 90, você gravou os vocais para o Kaidoscope, do guitarrista Roland Grapow, então ainda integrante do Helloween. Esse trabalho é excelente, e gostaria de saber se você chegou a se envolver na composição ou se desempenhou apenas a função de vocalista?
Mike Vescera –
Sim, eu me envolvi na composição desse CD [no caso, ele compôs três letras, para as faixas “The Hunger”, “Hidden Answer” e “Reaching Higher”]. Foi uma grande experiência, Roland Grapow é um grande guitarrista e também uma pessoa muito legal. Tivemos a sorte de sair em turnê para divulgá-lo, e foram dias muito bacanas. O CD é matador! [N. Do R.: A turnê do álbum Kaleidoscope passou pelo Brasil no dia 09 de junho de 1999. Roland e Vescera abriram para o Gamma Ray, no Tom Brasil, em São Paulo/SP].

Mikevescera02

Clovis – No começo dos anos 2000, você entrou na banda brasileira Dr. Sin, com a qual gravou um disco e fez uma série de shows. A química deles com você é facilmente perceptível no álbum, tanto que este é, até hoje, o melhor já lançado pela banda. Por que a parceria entre vocês durou tão pouco tempo?
Vescera –
Eu amo o Dr. Sin, os caras são incríveis. Tivemos bons momentos fazendo aquele CD, e a química entre a gente foi realmente demais! O CD [que se chama Dr Sin II] é muito bom também. Eu acho que a mudança na indústria musical [na época] impediu um maior sucesso daquela formação do Dr. Sin. Nós já falamos várias vezes sobre gravar um segundo álbum juntos. Eu ia adorar fazer isso novamente, se possível.

Clovis – Nos shows do Metal Singers, você pretende apresentar sons desses álbuns gravados com Roland Grapow e Dr. Sin? Um setlist foi divulgado na internet, e nele consta que você vai tocar “Vengeance”, do álbum Magnum Opus (Malmsteen). O que mais os seus fãs podem esperar nas apresentações?
Vescera –
Dessa vez vou apenas cantar material de Yngwie [Malmsteen] e do Loudness. Eu espero que em algum momento da [atual] turnê [no Brasil], os caras do Dr. Sin possam se juntar a mim para [tocarmos] uma música. Não tenho certeza de que vamos mesmo tocar, mas se acontecer, tenho certeza que será algo do [disco] Dr Sin II.

Mikevescera01

Clovis – Em 2013, você viria ao Brasil para cantar com o Loudness, no festival Live N´Louder. Entretanto, um dia antes, foi anunciado que você não viria mais, e seu lugar foi ocupado pelo brasileiro Iuri Sanson, do Híbria. O que realmente aconteceu naquela ocasião?
Vescera –
Houve um pouco de confusão com o Loudness. Os empresários deles não conseguiram meu visto a tempo. Esse foi o principal motivo. Meu produtor se negou a me mandar [para o Brasil] sob estas circunstâncias. Eu estava ansioso pelo show, mas infelizmente isto ficou fora do meu controle. Eu vou cantar com o Loudness esse ano em Tóquio em alguns shows de aniversário. Eu espero que nós possamos levar isto ao Brasil também!!

Clovis – Quais são os planos para sua carreira em 2015? Há previsão para algum novo álbum ou shows por aí?
Vescera –
Eu vou gravar outro “Animetal USA” CD este ano e consequentemente fazer uma turnê dele. Eu também farei uma outra tour na Europa, chamada 3HOMM (3 Hours Of Metal Meltdown). Será similar ao Metal Singers, mas será com Tim “Ripper” Owens, Mats Léven (Candlemass, Krux) e eu. O grupo Silent Voices vai excursionar com a gente e será a banda de apoio para todos nós. Eu acho que será em abril. [Também devo] fazer coisas aqui nos Estados Unidos também, quero excursionar o máximo possível em 2015.

Clovis – Deixe uma mensagem para os fãs de Curitiba, que será a primeira cidade que verá essa reunião histórica.
Vescera –
Estou ansioso para voltar à Curitiba e agitar com todo mundo. Eu amo os fãs de lá! E tenho certeza que os outros vocalistas também estão ansiosos por isto também!! Vejo vocês logo!!!

(Visited 285 times, 1 visits today)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *