Nightwish e Beast In Black – 14-10-2022 – São Paulo (Espaço Unimed)

Texto por Evanil Jr – Fotos por Rafael Strabelli (Till Dawn They Count) – Edição por André Luiz

Um Espaço Unimed lotado, sem mais nenhum ingresso disponível, recebeu na sexta-feira, 14, após uma longa espera, a banda Nightwish. Era nítido como a ansiedade tomava conta dos fãs após reagendamentos devido a pandemia do covid-19, o lançamento do álbum ‘HUMAN. :II: NATURE.’ e todas ações do Nightwish no meio digital que os colocaram como uma das bandas mais atuantes durante o período pandêmico.

A abertura ficou por conta da banda finlandesa Beast In Black. Eles trazem uma sonoridade bem alegre, mostrando uma energia gigantesca no palco. Energia esta que não diminuiu mesmo com a falha no microfone do vocalista Yannis Papadopoulos durante a música “Blade Runner”, a qual abriu a apresentação. Problema resolvido, seguiram para a música “From Hell With Love”.

O último lançamento do convidado especial da tour, Beast In Black, trata-se do álbum ‘Dark Connection’, de 2021. O line up do grupo – incluindo integrantes da Finlandia, Grécia e Hungria – presente no Brasil contou com Kasperi Heikkinen (guitarra), Mate Molnar (baixo), Yannis Papadopoulos (vocal), Anton Kabanen (guitarra) e Atte Palokangas (bateria).  Além da alegria citada anteriormente, a banda demonstrou uma presença de palco marcante, com movimentos sincronizados entre o vocalista e os integrantes de cordas, bastante comum no metal melódico.

As músicas passavam e os músicos a cada faixa demonstravam a felicidade de estar no Brasil pela primeira vez, discursando mensagens positivas, chamando o público para participarem da apresentação e até convidando para um momento no Japão, com a música “One Night In Tokyo”. O Beast In Black deixou o palco após uma hora de show ao som de “End Of The World” e já deixando claro que voltarão em breve. E sim, voltam! A banda está confirmada no festival Summer Breeze que acontecerá em abril de 2023 na capital paulista.

Set List Beast In Black:
Blade Runner
From Hell With Love
Beast In Black
Born Again
Cry Out For A Hero
Moonlight Rendezvous
Sweet True Lies
No Surrender
Die By The Blade
One Night In Tokyo
Blind And Frozen
End Of The World

Às 22h30m adentraram ao palco os donos da noite, Nightwish. A intro na percussão “Music”, faixa do último álbum, ‘HUMAN. :II: NATURE.’ (2020) serviu como pano de fundo enquanto os músicos surgiam do backstage um a um. Tuomas Holopainen (teclado), Erno “Emppu” Vuorinen (guitarra), Troy Donockley (uilleann pipes, low whistles, vocal), Kai Hahto (bateria), Jukka Koskinen (baixo) e o público entrou em êxtase no momento em que a figura de Floor Jansen apareceu no palco, dando início à performance com outra canção do mais recente disco, “Noise”, seguida por “Planet Hell” – durante a qual a própria Floor assumiu os vocais que originalmente eram cantados pelo ex-baixista Marko Hietala.

Conforme o show avançava, era fácil entender o motivo pelo qual todos os ingressos foram vendidos: um show contagiante, com uma presença de palco sem igual que não deixava espaço para o público ao menos piscar. Em determinado momento, a banda voltou 22 anos no tempo e o tecladista e líder da banda Tuomas Holopainen, junto com o baterista Kai Hanto, iniciaram a música “She Is My Sin”, do álbum ‘Wishmaster’. Logo em seguida, voltando ainda mais no tempo, executaram a faixa “Sleeping Sun”, de 1998, lançada no disco ‘Oceanborn’ – se até aquele momento alguém havia resistido a não chorar… Claramente aconteceu com este que escreve a matéria, dado a um mix de sentimentos. A beleza da música e mais lembranças da adolescência, de quando esta canção foi lançada, juntou-se com a gratidão de estar no Espaço Unimed no dado momento, após os tempos difíceis e toda espera para rever a banda. Apesar deste relato pessoal, percebia-se ao redor que o autor desta matéria não parecia sozinho nesta situação, dado os olhos marejados e sorrisos esboçados pelas pessoas presentes na pista.

Ainda assim, tinham lágrimas para que, após um momento mais agitado, de respiro, pudéssemos ouvir a Floor cantando “Ever Dream”.  Não satisfeitos com tamanha mistura sentimental, mostraram uma versão acústica de “How´s the Heart?”, durante a qual o versátil Troy Donocley foi o responsável pelos acordes no violão. Se aproximando do final do show, executaram “Ghost Love Score” a qual levou o público ao delírio, cantando junto com a banda em alto e bom som, mesmo já se passado um bom tempo da performance dos finlandeses.

E, para finalizar, fechando a noite em grande estilo – resumindo o que havia sido aquela noite –, o Nightwish brindou aos presentes com a canção “The Greatest Show On Earth”, do álbum ‘Endless Form Most Beautiful’, a qual basicamente narra a história da terra, suas vidas, criações e destruições pelas mãos humanas. Ela praticamente encerra-se com a repetição da marcante frase “we were here” – como se alguém tivesse dúvidas que o Nightwish tenha passado pelo Espaço Unimed e marcado aquela noite.

Acham que acabou? Não! Nos agradecimentos, a vocalista Floor Jansen cantou sua parte ao vivo da música “All The Works Of Nature Which Adorn The World – Ad Astra” enquanto os PA’s da casa entoavam a faixa ao fundo, e assim terminado, se retiraram do palco. Confesso que o autor desta matéria era uma pessoa mais animada pelo show do Beast In Black, pelo estilo de som da banda e debut nos palcos brasileiros. Com o set list do Nightwish conhecido previamente – pelo show no Rio de Janeiro na noite anterior –, esperava um bom show, mas para a minha surpresa, foi uma das melhores apresentações que assisti da banda – e olha que não foram poucos. O ótimo clima entre os músicos, a sintonia em que estavam era nítida, abrilhantando o espetáculo e tornando a noite de sexta-feira, 14, totalmente especial aos milhares de presentes no Espaço Unimed (agradecimentos à Till Dawn They Count, Espaço Unimed e The Ultimate Music).

Set List Nightwish:
Noise
Planet Hell
Tribal
Élan
Storytime
She Is My Sin
Sleeping Sun
7 Days To The Wolves
Dark Chest Of Wonders
I Want My Tears Back
Ever Dream
Nemo
How’s The Heart?
Shoemaker
Last Ride Of The Day
Ghost Love Score
The Greatest Show On Earth

(Visited 365 times, 1 visits today)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *