Bruce Dickinson: por que eu deixei o Iron Maiden há quase 30 anos atrás?

Fonte: Blabbermouth

Bruce Dickinson diz que sentiu que “teve que sair” do Iron Maiden há quase 30 anos para “aprender como era” viver a vida longe da banda. Dickinson se juntou ao Maiden em 1981, substituindo Paul Di’Anno, e fez sua estréia com a banda no álbum de 1982 ‘The Number Of The Beast’. Ele deixou o grupo em 1993, se dedicando à vários projetos solo, e retornou em 1999.

Bruce falou sobre sua saída do Maiden durante a parte de perguntas e respostas de seu “An Evening with Bruce Dickinson” em 23 de março no MTelus em Montreal, Quebec, Canadá. Questionado sobre os motivos de sua saída do grupo, Dickinson disse (conforme transcrito pelo blabbermouth.net): “Honestamente, fiquei tão surpreso quanto qualquer outra pessoa. Não acho que as pessoas realmente acreditassem nisso na época. Se eu ficasse com o Maiden para sempre, tudo que eu aprenderia era como era estar no Maiden. E para saber como era fora do Maiden, você tem que sair, porque, a menos que você saísse, ninguém levaria nada que você fizesse a sério. Sempre seria, tipo, ‘Oh, Deus o abençoe. Ele está fazendo um disco solo. Deixe-o se divertir e então ele pode voltar para o Iron Maiden’. Eu odiava isso. Então pensei: ‘Foda-se. Vou embora’. E [as pessoas diziam] ‘o que acontece se sua carreira [solo] não der certo?’; eu disse: ‘Bem, isso é Deus ou o destino dizendo que talvez seja [para] o melhor’. E eu disse [é] melhor [dar uma chance] agora e fazer outra coisa com minha vida do que ficar sentado em algum lugar no mundo da fantasia e acabar mal-humorado”.

Em 2019, Dickinson disse que não tinha interesse em retornar ao Maiden há mais de 20 anos se isso significasse apenas se concentrar na nostalgia. “Bem, tudo que eu precisava saber era que não voltaríamos como uma espécie de reunião”, explicou ele. “Eu não queria voltar ao passado. Isso seria sobre montar uma banda que estava olhando para o futuro – para fazer um ótimo novo álbum e realmente reiniciar todo o ímpeto e direção da banda. E Steve [Harris] disse que era isso que ele queria fazer, e eu fiquei tipo, ‘Ok, vamos fazer’. E, claro, o primeiro álbum que lançamos depois disso foi ‘Brave New World’ [de 2000] – acho que um dos melhores álbuns do Maiden que já fizemos”.

A turnê norte-americana de dois meses de Bruce começou em 17 de janeiro em Fort Lauderdale, Flórida e seguirá até o final de março. Bruce cairá na estrada com o Iron Maiden para uma nova etapa norte-americana da turnê “Legacy Of The Beast” da banda em setembro.

Links relacionados:
https://www.ironmaiden.com/
https://www.facebook.com/ironmaiden
https://twitter.com/IronMaiden
https://www.instagram.com/ironmaiden
https://screamforme.com/
https://twitter.com/BruceDKeynote

(Visited 44 times, 1 visits today)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *