Muddora: cariocas lançam EP homônimo e vídeo clipe para o single Entre Mim e Você

Compartilhe:

Fonte: Cezanne Comunicação

Rio de Janeiro, Baixada Fluminense, mais precisamente em Nova Iguaçu. terra de bandas que estão na história do rock carioca como KMD5, Negril, Cidade Negra, Nocaute, Cabeça de Nego, Ubandu Du Reggae, Força da Gravidade, entre tantos talentos. Em 2018, após a saída de alguns integrantes da banda N.I.G, cinco amigos de longa data decidiram que não era a hora de acabar de vez.  Reuniram-se sob o novo nome, Muddora, que vem a ser a união das palavras mudança e hora, ou seja, decretando hora de mudança. E agora mostram que a Baixada Fluminense ainda tem muito rock de verdade.

Muddora traz influências de sons pesados, bem construídos, com belos arranjos, letras e melodias. Alter Bridge, Creed; Scott Stapp; e Slashft Miles Kennedy and The Conspirator são algumas das referências. Em abril assinaram com o selo Astronauta e apresentam ao mercado dois singles: “Entre Mim e Você” e “Mentes e Loucuras”, que chegam às principais plataformas digitais, assim como o vídeo clipe de “Entre Mim e Você”, com roteiro e direção de Letícia Joanni Mattedi e a participação da atriz Carla Nunes (TV Globo). Confira o vídeo clipe abaixo:

Formada por Déh (também guitarrista na veterana banda de rap Nocaute), que decidiu montar o seu trabalho e convidou alguns amigos, Muddora só tem apaixonados pelo projeto – o que revigora as energias e dá mais alguns passos rumo ao mercado da música. O idealizador Déh é também o compositor das canções e aborda principalmente o cotidiano, buscando nas vivências pela vida as inspirações para criar. Ao seu lado, como braço direito de suas composições e arranjos, existe o amigo e músico Lionel (guitarra). Completam a banda Léo Monteiro (vocal), escolhido por seu alcance vocal alto, sem drives, refinado. Logo no primeiro ensaio se descobriu que era o cara certo. Ainda faltava uma cozinha perfeita para fechar com chave de ouro. Então os integrantes chamaram os músicos Vini (bateria) e Félix (baixo), ambos com pegadas absurdas. Mais um casamento perfeito para uma banda que traz um rock autoral de qualidade e com as nuances dos dias de hoje.

Mentes e Loucuras
“A música “Mentes e Loucuras” fala do cotidiano. Fala ‘dessa loucura que é viver’. Aborda o ser humano atormentado pela dificuldade financeira, psicológica, mental, a perda da fé e o cansaço do corpo. Cansaço de não poder mais agüentar todos os problemas que o consomem no dia a dia. Vagando a esmo pela perda do emprego, da família, enchendo a cara. Alguém que teria todos os motivos do mundo pra fazer algo de errado, ilícito, mas causaria mais problemas do que ele já tem. É ai que entra a reviravolta da situação. Ele volta a ter um encontro com a fé. E nisso ele fala pra si mesmo que não vai se entregar. Que o mal que mundo lhe traz não vai conseguir derrotá-lo. E que por isso ele vai lutar, sim, e ter de volta tudo aquilo que a vida lhe tirou”, explica Déh. “Essa música fizemos em um estúdio na nossa cidade, Nova Iguaçu. Queríamos a experiência de fazer algo também com qualidade no quintal de casa. Foi então que fizemos contato com um amigo nosso que é produtor é produtor Wellington Rodrigues, do Estúdio MusiClub, aqui na Baixada, e fizemos um excelente trabalho”, conta Deh.

Entre Mim e Você
“Todas as minhas composições têm como inspiração o que vivenciamos, seja na internet, com as redes sociais e até mesmo no dia a dia. Somos uma banda que fala de amor também. E essa música fala de algo que muitos casais não conseguem ter, que é a percepção de quando termina um relacionamento. O que é?  Não há ‘vencedores’. E na maioria das vezes um sempre sai mais ferido que o outro. A música retrata do quanto é difícil terminar e/ou aceitar um término de relacionamento. Mas ao mesmo tempo fala que devemos seguir em frente, superar e que as boas lembranças é que ficam e não importa o quanto ficamos sofrendo, sempre haverá outro dia, outro alguém”, comenta o autor, Déh. “A experiência de gravar, ainda mais em alto nível de produção é sempre muito boa. Gravamos no EME Estúdio com Jorge Guerreiro, Tuta Macedo e Diogo Macedo, com quem já estamos acostumados. E o melhor de tudo: são nossos amigos. Gravar com qualidade, bons arranjos, e sempre com bom direcionamento faz a diferença”, conclui ele.

Links relacionados:
https://www.facebook.com/muddorarock
https://www.instagram.com/muddorarock/
https://www.facebook.com/umusicbrasil/

(Visited 19 times, 1 visits today)
Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *