Scars: novo álbum Predatory disponível nas principais plataformas, confira vídeo clipe de Sad Darkness Of The Soul

Fonte: JZ Press

A espera acabou. ‘Predatory’, novo álbum dos gigantes thrashers do Scars foi oficialmente lançado hoje, dia 7 de agosto, via Brutal Records (EUA/Canadá), Proper Music (Europa) e Voice Music (Brasil), e para comemorar esse feito a banda soltou o novíssimo vídeo/single para a emblemática faixa “Sad Darkness Of The Soul”, cuja temática é uma das mais fortes que o ser humano vem sofrendo atualmente, o mal da depressão. Repleta de mensagens positivas, apoio e ajuda, esse vídeo foi todo dirigido por Ronaldo Del Vecchio (Na Lupa Produções) e editado por Ulisses Simionato (Santo Filme Produções). Confira o vídeo de “Sad Darkness Of The Soul” em:

Desde o retorno oficial das atividades do SCARS, em 2018, a expectativa por material novo era grande não só por parte dos fãs do quinteto paulistano, como também para os próprios músicos que mergulharam de cabeça nessa volta. Essa espera não demorou muito e dois novos singles, “Armageddon” e “Silent Force”, ambos produzidos por Wagner Meirinho (Warrel Dane, Torture Squad) foram lançados em 2019, saciando pelo menos um pouco a ansiedade de todos até um tão esperado sucessor de grandes trabalhos do passado, como ‘The Nether Hell’ (EP/2005) e ‘Devilgod Alliance’ (2008). Alguns percalços surgiram na posição de guitarrista solo até a entrada definitiva de Thiago Oliveira (Warrel Dane, Confessori), fazendo com que Régis F. (vocal), Alex Zeraib (guitarra base), Marcelo Mitché (baixo) e João Gobo (bateria) formassem juntos uma grande unidade para o que viria a seguir.

‘Predatory’ vem sendo aclamado pela crítica especializada como um dos melhores lançamentos do ano. Também produzido, mixado e masterizado por Wagner Meirinho, ‘Predatory’ contém 11 faixas, sendo nove totalmente inéditas e os dois singles de 2019 como extras, que resgatam as principais influências baseadas no tradicional Thrash Metal americano. Riffs marcantes e rasgados, vocais brutais, solos extremamente técnicos, uma cozinha de muito peso, tudo isso somado a temáticas fortes relacionadas a desenfreada matança de animais, violência, depressão, guerra, religião e tudo que destrói nosso mundo contemporâneo em todos os sentidos, mas sem ser classificado como álbum conceitual já que não existe ligação entre as faixas.

“O ser humano é um ‘super predador único’, ou ‘predador alfa’. Estudos publicados revelam que o homem mata outros animais em taxas de até 14 vezes maior a outros carnívoros da natureza”, comenta Régis F. (vocalista fundador e principal letrista).

Todo o processo de criação da capa de ‘Predatory’ foi baseado nas letras das músicas pelo ilustrador e designer gráfico, também paulistano, Luis Dourado que, de forma magistral em seu primeiro trabalho como ilustrador musical, soube sintetizar todas as ideias por trás das letras de Régis criando uma pintura complexa e um ambiente aterrorizante de um completo caos apocalíptico e catastrófico do que poderia ser um mundo devastado pelo homem sem piedade. Track list de ‘Predatory’:

Predatory
These Bloody Days
Ancient Power
Sad Darkness Of The Soul
The Unsung Requiem (Instrumental)
Ghostly Shadows
The 72 Faces Of God
Beyond The Valley Of Despair
Violent Show
Armageddon (Bônus)
Silent Force (Bônus)

Links relacionados:
http://www.facebook.com/scars.thrash/
http://www.instagram.com/scars.thrash/
http://www.facebook.com/jzpressassessoria/
http://www.instagram.com/jzpressassessoria/

(Visited 23 times, 1 visits today)