L7: norte americanos do Soul Asylum se juntam ao line up do show de SP

TEDESCO COMUNICAÇÃO – A festa no próximo dia 2 de dezembro em São Paulo, no Tropical Butantã, e que celebrará a longevidade do rock alternativo moldado na década de 1990, ganha mais uma importante banda que ajudou a consagrar o estilo naquele momento da história da música. A Powerline orgulhosamente anuncia os norte-americanos veteranos do Soul Asylum ao line-up, que já conta com nada menos do que a lendária L7, além das nacionais Deb And The Mentals e Pin Ups. Faltam menos de duas semanas para o evento e os ingressos estão no fim do 2º lote (http://www.clubedoingresso.com/l7-sp).

O Soul Asylum, de Mineápolis, foi um fenômeno nos anos 90 e, desde que se firmou na música ainda no final dos 80, está até hoje lançado discos e excursionando. O ápice da carreira foi em 1992, quando lançaram o álbum – que atravessa décadas com o status de clássico – ‘Grave Dancers Union’, no qual está o megahit “Runamay Train”. O sucesso foi tanto que este álbum rendeu à banda disco triplo de platina nos Estados Unidos, e a colocou de vez no hall da fama, com direito a show no dia da posse de Bill Clinton no seu primeiro mandato como presidente dos EUA.

Outro momento de destaque na trajetória do Soul Asylum foi em 1995 com o álbum ‘Let Your Dim Light Shine’ (gravado por Butch Vig, do Garbage, que também produziu ‘Nevermind’, do Nirvana, e ‘Bricks Are Heavy’, do L7), cuja música de abertura “Misery” prontamente rodou rádios mundo afora. O último lançamento é o ‘Chance Of Fortune’, de 2016, em que o energético post-punk e elementos grunge dividem espaço com o pop.

Da época de “Runaway Train”, que teve um emocionante videoclipe rodado à exaustão na antiga MTV Brasil, apenas o vocalista e guitarrista Dave Pirner da formação original volta a esta que será a terceira vez da banda no Brasil. No entanto, os demais integrantes formam um time de peso e respeito: Michael Bland (ex-Prince, na bateria), Winston Roye (músico da Broadway, no baixo) e Ryan Smith (na guitarra).

L7 VISCERAL E RELEVANTE – Principal atração no evento do dia 2 de dezembro na capital paulista, o quarteto feminino de Los Angeles L7 se prepara repetir a dose de 25 anos atrás, quando incendiou o Hollywood Rock (Rio de Janeiro) com um show vibrante, potente, com uma imbatível aura punk, considerado por muitos presentes como o melhor naquele 16 de janeiro de 1993.

Donita Sparks (guitarra/vocal), Suzi Gardner (guitarra/vocal), Dee Plakas (bateria) e Jennifer Finch (baixo), revigoradas desde 2014 quando se reuniram após um recesso do L7, já lançaram duas novas músicas – “I Come Back To Bitch” e “Dispatch From Mar-a- Lago”, mas prometem um set list nesta volta ao Brasil repleto de clássicos, como a indefectível “Pretend We’re Dead”, “Fast And Frightening”, “Deathwish”, “Monster” e “Everglade”.

Além de São Paulo, o L7 toca no Rio de Janeiro (1/12), Porto Alegre, (4/12), Curitiba (5/12) e Belo Horizonte (6/12).

SERVIÇO: L7 e Soul Asylum em São Paulo
Data: 2 de dezembro de 2018
Local: Tropical Butantã
Endereço: Avenida Valdemar Ferreira, 93 – Butantã
Horário: 18h
Censura: 16 anos
Evento: https://www.facebook.com/events/200413880610950/

Ingressos:
Promocional/meia entrada de 2º lote: R$ 130,00
Camarote de 2º lote: R$ 200 (promocional/meia entrada)
Inteira de 2º lote: R$ 260 (pista) e R$ 400 (camarote)

Online: http://www.clubedoingresso.com/l7-sp

(Visited 50 times, 1 visits today)