Anathema – 12-08-2017 – São Paulo (Carioca Club)

Texto por Ana Karoline Sousa – Fotos por Edi Fortini – Edição por André Luiz

Cerca de dois anos depois de sua última apresentação no Brasil, a banda inglesa Anathema retornou ao país para dois shows divulgando o último álbum ‘The Optimist’, sendo o primeiro em São Paulo no Carioca Club – no dia seguinte seguiriam para apresentação em Belo Horizonte. Um grande público aguardava a banda para a tão aguardada quinta apresentação dos ingleses na capital paulista.

A banda que possue 27 anos de carreira a qual conta em sua formação com Vincent Cavanagh (vocal, guitarra, teclado), Danny Cavanagh (guitarra, teclado, vocal), John Douglas (percussão), Lee Douglas (vocal), Jamie Cavanagh (baixo) e Daniel Cardoso (bateria) iniciou sua apresentação pontualmente às 19h, com a sequência “Untouchable Part 1” e “Untouchable Part 2”, fazendo a casa que estava completamente cheia cantar em uníssono.

Após a execução de “Endless Ways”, a banda fez uma breve pausa, durante a qual o vocalista Vincent Cavanagh cumprimentou o público animadamente com direito a um “boa noite” em português, anunciando a música seguinte, faixa-título do novo álbum – “The Optimist”. A apresentação da banda inglesa transmitia uma atmosfera única criada pelo jogo de luzes que alternavam entre azul e vermelho em conjunto com os vídeos de constelações e luzes exibidos no telão.

O show do Anathema seguiu no mesmo clima melancólico, em meio a execução de faixas clássicas como “Deep” e “Forgotten Hopes”, alternadas com interações divertidas da banda junto a plateia – com direito ao vocalista comendo morangos e jogando alguns ao público.

Outro momento de destaque na apresentação da banda inglesa foi a execução da faixa “Natural Disaster”, durante a qual era nítida a emoção do público presente. A banda ainda executaria “Distant Satellites”, “Lost Control” e “Destiny” antes de finalizar sua apresentação mais do que marcante às 21h, com a clássica “Fragile Dreams”, atendendo as expectativas do público. Optando por um set mais focado em composições novas em detrimento de vários clássicos, o repertório a princípio teria afastado alguns fãs mais tradicionais: azar destes os quais deixaram de presenciar um performance coesa, harmoniosa e tecnicamente perfeita dos ingleses, afinal Anathema prova a cada lançamento uma evolução musical tão abundante e diversificada que não combina com xiitismo headbanger. Agradecimentos à Overload e The Ultimate Music pela produção evento e credenciamento de nossa equipe.

Set List Anathema:
Untouchable Part 1
Untouchable Part 2
Endless Ways
The Optimist
Deep
Pitiless
Forgotten Hopes
Destiny Is Dead
Dreaming Light
Can’t Let Go
Universal
Closer
Springfield
Natural Disaster
Distant Satellites
Lost Control
Destiny
Fragile Dreams

 

(Visited 254 times, 1 visits today)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *