Sonata Arctica – 19-05-2017 – São Paulo (Aquarius Rock Bar)

Compartilhe:

Texto por Aline Fernandes – Fotos por Araujo Fotografia (https://www.facebook.com/pg/FotosAraujo/) – Edição por André Luiz

Na sexta-feira, 19, os finlandeses do Sonata Arctica se apresentaram no Aquarius Rock Bar em São Paulo, com uma de suas maiores turnês pela América Latina. A banda formada por Tony Kakko (vocal), Elias Viljanen (guitarra), Pasi Kauppinen (baixo), Henrik Klingenberg (teclado) e Tommy Portimo (bateria) executou um set misto de novas composições do álbum ‘The Ninth Hour’ e clássicos do grupo para um bom público, o qual compareceu à casa de shows em meio ao dia chuvoso. O show ainda contou com a abertura de duas bandas brasileiras, ambas de São Paulo, a Traumer e Fix Over.

A Traumer, banda de Power Metal formada por Guilherme Hirose (vocal), Fábio Polato (guitarra), Nelson Hamada (teclado), Regis Lima (baixo) e Felipe Santos (bateria) iniciou a noite esquentando o público, que os recebeu muito bem. Divulgando o álbum ‘Avalon’, lançado no final de 2016 no Brasil/Japão/Europa e em fevereiro de 2017 nos EUA, o grupo executou a dobradinha inicial formada pela intro “Tempus Est” e a faixa título, voltou a 2014 no debut album ‘The Great Metal Storm’ com a faixa “Enjoy Your Paradise” e, devido ao pouco tempo, finalizou com uma de cada full lenght lançado, “Forever Starts Tomorrow” e “Gates Of Freedom”, uma apresentação curta porém cheia de energia, com destaque para presença de palco do frontman Guilherme Hirose.

Set List Traumer:
Tempus Est
Avalon
Enjoy Your Paradise
Forever Starts Tomorrow
Gates Of Freedom

A segunda banda a se apresentar foi a Fix Over, banda de rock alternativo formada por Kevin Tricanico (vocal e baixo) e Weslley Joanes (guitarra) e Iuri Barbone (bateria). Divulgando o EP de 2016 intitulado ‘Desire’, o grupo se apresentou tocando os sons de sua carreira – na realidade, foram executadas 04 das 05 faixas do citado trabalho de estúdio – com destaque para abertura com “The Voice Inside” e ainda fez uma homenagem à Chris Cornell através da música “Cochise” do Audioslave. O encerramento da apresentação do jovem trio paulistano deu-se com “Stop This Evil”.

Set List Fix Over:
The Voice Inside
Cochise (Audioslave cover)
I’m Safe
When
Stop This Evil

Poucos minutos após as 22h30m, hora prevista para entrada do Sonata Arctica, a intro de “We Are What We Are” foi executada nos PA’s e Tony Kakko, Elias Viljanen, Pasi Kauppinen, Henrik Klingenberg e Tommy Portimo surgiram no palco executando a faixa inicial do novo álbum ‘The Ninth Hour’, “Closer To An Animal”, para a alegria do público. A banda seguiu com ”The Wolves Die Young” do álbum de 2014 ‘Pariah’s Child’ e emu ma viagem 10 anos atrás, “In Black And White” do ‘Unia’ – 2017.

Em meio a energia, uma pausa para execução da linda balada “Talullah” – emocionando os presentes os quais cantaram em uníssono – emendada com “The Misery” e “Shamandalie”. Tony Kakko como sempre carismático, interagiu com o público a todo instante, com uma ótima performance de palco repleta de caras e bocas.

O repertório prosseguiu na base da mescla de composições novas e clássicos da banda: as faixas do disco mais recente recentes “Fairytale”, “Life” e “Among The Shooting Stars” intercaladas por “Misplaced” do álbum ‘Reckoning Night’ – 2004 – e o duo “No More Silence / Abandoned, Pleased, Brainwashed, Exploited” do full lenght ‘Silence’ de 2001. O encerramento da primeira parte da performance dos finlandeses seguiu a linha de set list do show até então: o destaque do último álbum “We Are What We Are” seguida pelo clássico atemporal do debut do Sonata Arctica, ‘Ecliptica’ de 1999, “Full Moon”, para a alegria dos fãs os quais cantavam e pulavam de maneira frenética.

O encore iniciou-se com um solo de guitarra de Elias Viljanen, o qual precedeu mais um clássico do ‘Silence’, “The Power Of One”. Encerrando a apresentação, “I Have A Right” do ‘Stones Grow Her Name’ de 2012 e “Don’t Say A Word” do disco de 2004. Tony Kakko ainda teve tempo de brincar com a plateia antes do tradicional final com a música “Vodka”. Foi realmente um show incrível, set list bem escolhido executado com maestria, banda com ótimo entrosamento e Tony Kakko esbanjando simpatia. Agradecimentos à Dynamo Produções e The Ultimate Music.

Set List Sonata Arctica:
Closer To An Animal
The Wolves Die Young
In Black And White
Tallulah/The Misery/Shamandalie
Fairytale
Misplaced
Life
Among The Shooting Stars
No More Silence/Abandoned, Pleased, Brainwashed, Exploited
We Are What We Are
FullMoon

Guitar Solo/The Power Of One
I Have A Right
Don’t Say A Word/Vodka

(Visited 176 times, 1 visits today)
Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *