Titãs & Supla – 04-02-2017 – Rio de Janeiro (Circo Voador)

Texto por Arony Martins – Fotos por Arony Martins – Edição por André Luiz

Eduardo Smith de Vasconcelos Suplicy, ou simplesmente Supla, é daqueles artistas que apesar de multifacetado e com longa estrada, a gente talvez não o conheça tão bem quanto acreditamos conhecer. Curiosamente foi essa a impressão deixada pelo ótimo público que compareceu ao Circo Voador para a abertura da temporada de shows de rock na cidade.

Escalado para fazer as honras ao Titãs, Supla trouxe ao Rio de Janeiro, lugar que raramente aporta para apresentações, um verdadeiro álbum de figurinhas onde cada uma delas contou um pouquinho da sua construção enquanto músico. E durante uma hora o cantor paulista – filho de nomes de destaque da política brasileira – fez com que os presentes se sentissem em uma verdadeira festa regada a muito punk rock, samba, reggae, bossa nova, Ramones, Beatles, David Bowie, ou seja, um ecletismo quase que anárquico, quebrando regras e passando por cima de uma das características mais significativas daqueles que se auto intitulam rockeiros “true, roots e que tem gosto de tamarindo”, a ortodoxia. Com toda a certeza isso fez com que a resposta dada pelo público fosse pra lá de positiva. Aos gritos de “Papito! Papito! Papito!”, os fãs presentes tiveram a oportunidade de ouvir canções de várias momentos de sua carreira, desde sua banda Tokyo – nos idos da década de 1980 – até seu mais recente projeto Brothers Of Brazil – com seu irmão João Suplicy.

Supla sabe muito bem conduzir um show, acompanhado por uma banda cascuda e tendo o público em suas mãos, os apresentou canções como “Green Hair” (a da famosa Japa Girl), “Encoleirado”, “Charada Brasileiro”, “Humanos”, “Garota de Berlim” e também dedicou à ex-primeira dama Marisa Letícia – falecida poucos dias antes – a canção “Anarquia Lifestyle”. Enfim, se tivermos que escolher uma única palavra para resumir a apresentação do já cinquentão, mas bastante jovial Supla, essa palavra seria SURPREENDENTE. Valeu muito a pena ter assistido ao show.

Set List Supla:
Diga o que pensa
O Charada Brasileiro
Eu só quero comer você
Trump! Trump! Trump!
Pet Sematary
Anarquia Lifestyle
Baby doll
Parça da erva
Cenas de ciúme
Heroes
Melodies From Hell
Mão direita
Encoleirado
Extremistas Fundamentalistas
Imagine
Green Hair (Japa Girl)
Humanos
Garota De Berlim
She Loves You

Uma rápida pausa para que o palco pudesse ser arrumado e ao som do atormentador tema de “A Laranja Mecânica” um reformado Titãs trouxe ao Circo Voador seu novo caminho a ser trilhado. Um novo e ao mesmo tempo velho caminho, mas com certeza por mais fã que os presentes ali pudessem ser da histórica banda paulista, provavelmente todos – ou pelo menos a maioria – se fizeram perguntas do tipo “como será que ficou o grupo após a saída de Paulo Miklos?” ou “será que vai dar certo enquanto um trio?”. Pois bem, acredito que somente algumas dessas respostas foram dadas ao longo do bom show que fizeram Branco Melo, Sergio Britto e Tony Bellotto, acompanhados de seu novo companheiro, o guitarrista Beto Lee e o baterista Mario Fabre – que já trabalha com a banda desde 2010.

E então, o que se viu foi um Titãs esfacelado? De forma alguma! Quem esteve presente pôde assistir uma apresentação bastante soberba. Inclusive não poderíamos esperar nada muito diferente, afinal a experiência do trio remanescente é muito grande. São anos de estrada, assim como muitas mudanças na formação ao longo de sua história. Entretanto, alguns pontos precisam ser ressaltados.

Em primeiro lugar, é de se aplaudir de pé a postura que os três históricos músicos têm com os integrantes que hoje completam a banda. A todo momento o trio buscava interagir com os dois jovens músicos, demonstrando ao público que sim, eles fazem parte da banda, não são meros instrumentistas contratados. Tanto Beto quanto Fabre, são ótimos e isso é algo muito relevante.

E agora, que caminhos trilhar? Pois bem, todo bom fã de uma banda sempre espera que seus ídolos tragam novos trabalhos para que o repertório do grupo seja renovado. O set apresentado pelo Titãs não foi nada muito diferente do que vinha sendo apresentado nos últimos meses, mesmo tendo sido esse o  primeiro show feito por eles em 2017. Contando com clássicos como “Polícia”, “Homem Primata”, “Sonífera Ilha” e músicas do último e excelente álbum ‘Nheengathu’ tais como “Fardados” e “Chegada ao Brasil”, o concerto do grupo teve altos e baixos. E isso não necessariamente pode ser atribuído ao, por exemplo, revezamento entre Branco e Sérgio no contrabaixo. Penso que com a saída de Paulo Miklos, o trio assumiu as vozes que era então do antigo integrante, e desta forma, é natural que as diferenças entre os antigos e novos arranjos fiquem mais evidentes em situações como essa. Porém algumas dessas novas roupagens precisarão ganhar mais corpo para não soarem tão vazias, tais como em “Pra Dizer Adeus” que contou com o gogó de Tony Bellotto.

A grande verdade é que o que passa hoje o Titãs também passa uma outra histórica banda brasileira, o Barão Vermelho – lembrada, inclusive, durante o show com “Pro Dia Nascer Feliz”, a qual ganhou um novo arranjo de gosto para lá de duvidoso. Mudanças tão significativas na formação geram, com toda a certeza, uma certa dúvida sobre o sucesso ou não do novo momento. Para sabermos se essa nova formação vai realmente funcionar, será necessário aguardar um novo trabalho, considerando que Paulo Miklos era bastante ativo nas composições do grupo. Só nos resta esperar e torcer. Enquanto isso a gente vai se divertindo com boas apresentações, como essa, do excelente catálogo titânico. Agradecimentos à assessoria do Circo Voador.

Set List Titãs:
Cabeça Dinossauro
Diversão
AA UU
A melhor banda de todos os tempos da última semana
O pulso
Aluga-se
Será que é isso o que eu necessito?
Nem sempre se pode ser Deus
Sonífera ilha
Fardado
Chegada Ao Brasil (Terra à Vista)
Televisão
Lugar Nenhum
Pra dizer adeus
Epitáfio
Pro Dia Nascer Feliz
Go Back
Marvin
Homem Primata
Polícia
Flores
Desordem
Bichos escrotos
Vossa Excelência

 

(Visited 207 times, 1 visits today)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *