Suicidal Tendencies – 02-07-2016 – São Paulo (Áudio Club)

suicidaltendencies_audioclubsp_metalrevolution_felipebuli-4Texto por Alvaro Ramos – Fotos por Felipe Buli – Edição por André Luiz

Há alguns meses a lendária banda norte-americana Suicidal Tendencies anunciou que retornaria ao Brasil para participar da edição de 2016 do Honorsounds Festival. Desta vez, a banda veio com o também lendário Dave Lombardo, um dos maiores bateristas no cenário do metal, conhecido principalmente por suas passagens pelo Slayer. Completando a line up, bandas de destaque do cenário nacional: Ratos de Porão, Oitão e Tolerância Zero.

Chegando na Áudio por volta das 19h, já havia uma grande quantidade de fãs no local, e pouco depois os veteranos do Tolerância Zero entraram no palco para iniciar o primeiro show da noite. Com uma performance pesada e extremamente alta (foi sem dúvidas o show com o volume mais ‘no talo’ da noite!), agradou o público e foi um bom aquecimento para as próximas bandas, que também não deram pausa.

Alguns minutos após o término do Tolerância Zero, as luzes se apagaram novamente e a atração seguinte da noite entrou em cena: a banda Oitão, do vocalista e ‘chef’ de cozinha Henrique Fogaça, um dos jurados do MasterChef. No dado momento, a casa estava cada mais lotada, e os fãs curtindo cada música do Oitão, enquanto aguardavam ansiosamente pela atração mais esperada da noite.

Logo depois do Oitão, após uma pausa de alguns minutos, o público se esqueceu um pouco da ansiedade quando o Ratos de Porão entraram no palco, os quais com um setlist incrível (a banda tocou na íntegra o clássico ‘Anarkophobia’, que completa 25 anos de seu lançamento) levaram o público à loucura. Durante o show dos Ratos, muitos fãs que estavam na pista “surfavam” pelas mãos do público para chegar até a área que estava reservada para os fotógrafos e imprensa, mas ainda foi pouco perante ao caos que estava por vir.

Ao término da apresentação de João Gordo e companhia, mais uma pausa, e então por volta das 23h30m as luzes se apagaram novamente para a atração mais esperada da noite entrar em palco: Mike Muir, Dave Lombardo e companhia levaram o público ao delírio. Iniciando o show com a força da clássica “You Can’t Bring Me Down”, o caos começou a aumentar na Áudio, com cada vez mais pessoas invadindo a área reservada à frente do palco. Demonstrando humildade e carinho com os fãs, a banda procurava interagir junto ao público, mas após um certo ponto a situação começou a fugir do controle quando Mike Muir começou a convidar os fãs para subirem ao palco, algo que para os fãs pode ser inesquecível, porém pela falta de respeito de muitos, acabou se tornando uma cena quase lamentável…

suicidaltendencies_audioclubsp_metalrevolution_felipebuli-21

Muitos dos presentes começaram a se aproveitar do momento para tirar uma casquinha ao invés de apenas aproveitar o momento, levando tudo que fosse possível do palco: palhetas, setlist, águas, baquetas, tirando selfies com os músicos, inclusive atrapalhando os mesmos enquanto tocavam… O show continuou desta forma por um bom tempo, e quando finalmente os fãs deixaram o stage, a banda teve que praticamente reajustar todo o palco: microfones haviam caído e outros não estavam funcionando, a bateria de Dave Lombardo estava desajustada e bandanas dos músicos haviam sido roubadas. A intenção dos músicos foi boa em querer proporcionar esta experiência ao público, mas infelizmente a banda não pôde contar com o bom senso alheio.

suicidaltendencies_audioclubsp_metalrevolution_felipebuli-28

Apesar de toda a loucura, o show teve continuidade sem perder a pegada, e recheado de clássicos cantados por todos os presentes, como “War Inside My Head”, “I Saw Your Mommy”, “How Will I Laugh Tommorow”, e muitos outros. “Pledge Your Allegiance” foi a escolhida para fechar a primeira parte do show, e após alguns minutos, o Suicidal Tendencies retornou ao palco detonado tudo com “Institutionalized” e “I Want More”. Mesmo com os contratempos citados, a banda demonstrou grande carinho e agradecimento aos fãs, e prometeram voltar o mais breve possível. Já quanto ao público, nem preciso dizer que todos saíram extremamente contentes e extasiados pela festa com tantas bandas que fizeram e fazem história no cenário musical. Agradecimentos a GW e Damaris Hoffman pela produção e credenciamento de nosso veículo na cobertura do evento.

Set List Suicidal Tendencies:
You Can’t Bring Me Down
Two Sided Politics
Go’n Breakdown
Trip At The Brain
War Inside My Head
Subliminal
Send Me Your Money
Who’s Afraid?
Possessed To Skate
I Saw Your Mommy
Cyco Vision
How Will I Laugh Tomorrow
Pledge Your Allegiance

Institutionalized
I Want More

 

(Visited 297 times, 1 visits today)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *