The Winery Dogs e Soto – 17-05-2016 – Rio de Janeiro (Imperator)

The Winery Dogs - Imperator - Arony Martins - 2016 (25 of 31)

Texto por Rodrigo Gonçalves – Fotos por Arony Martins – Edição por André Luiz

O Rio de Janeiro recebeu na noite de terça-feira, 17, a dobradinha The Winery Dogs e Soto, naquela que era uma das turnês mais esperadas do ano. E o excelente público que compareceu ao Imperator – esgotando as entradas disponíveis – testemunhou duas apresentações de grande nível, ainda que distintas. Ambas as bandas estão excursionando para divulgar seus novos trabalhos de estúdio.

Soto - Imperator - Arony Martins - 2016 (25 of 31)

Pontualmente às 20h, a banda Soto, nova empreitada do experiente vocalista Jeff Scott Soto entrou em cena para iniciar o seu show quando a casa ainda não contava nem com 1/3 de sua lotação, cortesia do trânsito carioca, cada dia mais caótico. O novo grupo é formado pelo vocalista Jeff Scott Soto, guitarrista/tecladista BJ, baixista David Z e o guitarrista espanhol Jorge Salan. A banda baseou o seu set list nos dois álbuns lançados até o momento: ‘Inside The Vertigo’ e ‘Divak’, este último recém-lançado.

E pelo fato de ser uma banda relativamente nova, ainda procurando se estabelecer, e com dois álbuns de certa forma desconhecidos pelo público que estava ali ávido por ver a atração principal, o show em um primeiro momento não parecia empolgar tanto, por este motivo a banda precisou se apoiar bastante no carisma e habilidades de Jeff para entreter uma plateia. Mas isso não quer dizer que o material lançado até o momento seja ruim. Muito pelo contrário, músicas como “Unblame”, “Weight Of The World” e “The Fall” ganharam outras proporções ao vivo e se mostraram efetivas.

Soto - Imperator - Arony Martins - 2016 (30 of 1)

O encontro da carreira solo com o Talisman no medley “21st Century/Colour My XTC” se mostrou uma boa sacada, mas foi o final do show com o tradicional medley de músicas como “Tears In The Sky” e “I’ll Be Waiting” com clássicos do porte de “I Am A Viking” e “I’ll See The Light Tonight” – dos tempos em que Jeff e Yngwie Malmsteen eram parceiros – que trouxe o público para o lado da banda. Ainda houve espaço para momentos de pura fanfarronice como “We’re Not Gonna Take It” do Twisted Sister e “Don’t Stop Believing” do Journey – a qual Jeff se recusou a cantar em alusão ao período conturbado em que passou na banda americana – antes de encerrarem com a excelente “Stand Up And Shout”, que fez parte da trilha sonora do filme Rock Star, lançado em 2001.

Set List Soto:
Freakshow
Weight Of The World
21st Century/Colour My XTC
The Fall
Cyber Masquerade
When I’m Older
Suckerpunch
Break
Unblame
Tears In The Sky/I’ll Be Waiting/Billy Jean/Don’t Stop Believin’
I Am A Viking/I See The Light, Tonight
We’re Not Gonna Take It/I Love It Loud/We Will Rock You
Stand Up And Shout

Pouco tempo após o horário marcado para o começo do show, Billy Sheehan (baixo), Mike Portnoy (bateria) e Richie Kotzen (guitarra e vocal) entraram em cena para apresentar aos cariocas um show cuja primeira metade foi quase inteiramente dedicada ao material do álbum ‘Hot Streak’, lançado em outubro do ano passado. O começo com “Oblivion” foi excelente, embora um tanto quanto prejudicado pelo som embolado, mas nada que diminuísse a empolgação tanto do público quanto da banda. Seguiram a peleja com as excelentes “Captain Love” e “We Are One”, diante de uma plateia extasiada com a performance avassaladora do trio formado pelos experientes músicos, todos reconhecidamente mestres em seus instrumentos.

The Winery Dogs - Imperator - Arony Martins - 2016 (8 of 31)“Hot Streak”, a faixa título – e minha favorita – do novo álbum pôs o público à cantar, assim como “How Long” e “Time Machine”. Em “Fire”, Kotzen, sozinho no palco, nos presenteou com uma bela rendição no estilo voz e violão. Algo interessante de se notar sobre o show do Winery Dogs é que os três têm seus momentos específicos para brilhar. Primeiro Kotzen, seguido por Portnoy com um solo de bateria e Sheehan esmerilhando o seu baixo. Apesar de terem sido intercalados por canções e os três dominarem absolutamente os seus instrumentos, com exceção da versão acústica de Kotzen, os outros dois momentos de indulgência passaram batidos, servindo para dar um descanso ao público e gerar filas no bar e banheiro. Em um setlist com 17 músicas, me pergunto se não teria sido melhor preenche-lo com outras canções ao invés dos solos.

The Winery Dogs - Imperator - Arony Martins - 2016 (23 of 31)

Retornando ao show, a parte final foi inteiramente dedicada às canções do primeiro álbum, mais conhecido pelo público brasileiro, o que provocou uma melhora na interação entre público e plateia, que passou a cantar cada refrão e às vezes até mesmo as partes instrumentais. A dobradinha “I’m No Angel” e “Elevate” fez o público se empolgar enquanto a banda saiu brevemente de cena. Na volta, encerraram o show em grande nota com as espetaculares “Regret” e “Desire”.

Um final de show perfeito para uma noite excelente. Se na abertura a banda Soto fez um show competente, no encerramento o The Winery Dogs não deixou pedra sobre pedra. Em cima do palco, Portnoy foi o mestre de cerimônias e se encarregou de conversar com o público, Billy Sheehan foi o showman e Richie Kotzen impressionou pela capacidade de desempenhar várias funções ao mesmo tempo destacando-se em todas elas.

The Winery Dogs - Imperator - Arony Martins - 2016 (24 of 31)

Vale ressaltar que a despeito de algumas críticas sobre a escolha do local para a apresentação, a decisão não poderia ter sido mais acertada. O preço justo atraiu o público (teve gente que deixou para comprar ingresso na hora e deu com a cara na porta – o show foi sold out – e a qualidade sonora do reformado Imperator contribuiu para que a noite dos cariocas fosse inesquecível. Agradecimentos à Free Pass pelo credenciamento e ao pessoal do Imperator pelo tratamento cordial com a equipe do Portal Metal Revolution.

Set List The Winery Dogs:
Oblivion
Captain Love
We Are One
Hot Streak
How Long
Time Machine
Empire
Fire
Think It Over
Drum Solo
The Other Side
Bass Solo
Ghost Town
I’m No Angel
Elevate

Regret
Desire

(Visited 27 times, 1 visits today)