Odins Krieger Fest – 14-05-2016 – São Paulo (Clash Club)

Tuatha de Danann - SP - Odins Krieger Fest - mai-2016 - por Rodrigo Monteiro HDR Photo Art e Desgin 001-1

Texto por Ana Karoline Sousa – Fotos por Rodrigo Monteiro – Edição por André Luiz

No último sábado, 14, aconteceu mais uma edição do Odins Krieger Fest, um dos maiores eventos de música folk e viking de São Paulo. O segundo dia do evento foi realizado no Clash Club, reunindo as bandas Mandala Folk, O Bardo e o Banjo, Taberna Folk e Tuatha de Danann, além de muito hidromel, cervejas, exposição e venda de produtos como trajes e vestes medievais, drinking horns, artesanato em couro e também oficial merch das bandas presentes.

Antes de entrar na casa, a fila em volta do local ‘dobrava’ o quarteirão. A Clash Club foi aberta por volta as 16h e a primeira banda a subir ao palco foi o Mandala Folk, iniciando sua apresentação as 16h15m. A banda natural de Curitiba formada por Mateus Sokolowski (hurdy-gurdy e bouzouki), Thomaz Ozatski (violão e vocais), Mateus Hoffmann Favreto (baixo), Fernando Kinach Loureiro (flauta, hurdy-gurdy e vocais) e Rogério Assis (bateria e vocais) iniciou a apresentação com uma versão folk de “Kashmir”, do Led Zeppelin, seguida pela música autoral “Twa Corbies”, além de faixas como “Morrison’s Jig” e “Join The British Army”. O público se animou bastante durante a apresentação, formando grupos de dança. Fernando Loureiro agradeceu ao público por sua presença e aos organizadores do festival, afirmando que o Mandala Folk estava muito feliz em fazer parte do evento. A apresentação da banda foi encerrada às 17h com “Britches Full Of Stitches + Dennis Murphy’s + John Ryan´s Polka”.

Set List Mandala Folk:
Kashmir (Led Zeppelin Cover)
Twa Corbies
Game Of Thrones Theme
Rattlin Bog + Ballydesmond + Egan’s Polka + Ievan Polkka
The Clansman (Iron Maiden Cover)
Morrison’s Jig
Scarborough Fair
Join The British Army
Drunken Sailor
Britches Full Of Stitches + Dennis Murphy’s + John Ryan´s Polka

Cerca de vinte minutos depois, o anfitrião Vitão Bonesso (integrante da banda tributo ao Black Sabbath Electric Funeral e apresentador do programa Backstage ns Kiss FM) anunciou a atração seguinte: o Bardo e o Banjo. O grupo folk de São Paulo que trouxe em sua formação Wagner Creoruska (banjo, percussão, vocais), Marcus Zambelo (bandolin, vocais), Peter Harris (violino) Maurício Pilcsuk (baixo, vocais) iniciaram o show por volta das 17h30m com a faixa “Lakeside”, do álbum ‘Homeopath’. A banda agradeceu a presença dos fãs e continuou sua apresentação com “Southern Flavor”, durante a qual era possível notar a animação do público, que dançava e também se divertia em meio a moshs.

O Bardo e o Banjo - SP - Odins Krieger Fest - mai-2016 - por Rodrigo Monteiro HDR Photo Art e Desgin 028-1

Antes de iniciarem a faixa seguinte, houveram alguns problemas técnicos no equipamento, mas que foram resolvidos em questão de instantes. O show seguiu com “Ace Of Spades”, cover do Motörhead e a faixa autoral “You’re Alive”. Ainda no show d’O Bardo e o Banjo foram tocadas “Paranoid”, cover de Black Sabbath, “Jump”, cover de Van Halen, e a autoral “Greasy Coat”, durante a qual era possível notar a euforia dos fãs na plateia, que não parava por um segundo, mas foi em “Mama I’m Coming Home” que ficou evidente a emoção dos fãs, os quais iluminaram a casa com isqueiros e lanternas. A banda, animada, agradeceu toda a empolgação dos público e aos organizadores do evento. A apresentação foi encerrada por volta das 18h30m ao som autoral de “Barndance”. Ao fim do show, o baixista Maurício Pilcsuk não resistiu e se juntou aos fãs no mosh, se atirando na plateia, para alegria do público.

Set List O Bardo e o Banjo:
Lakeside
Southern Flavor (Bill Monroe cover)
Ace Of Spades (Motörhead cover)
You’re Alive
Honk Tonky Women (Rolling Stones cover)
Paranoid (Black Sabbath cover)
Jump (Van Halen cover)
Folson Prison Blues (Johnny Cash cover)
The Devil Went Down to Georgia (Charlie Daniels Band cover)
The Bard’s Song (Blind Guardian cover)
Greasy Coat
Mama I’m Coming Home (Ozzy Osbourne cover)
Barndance

Depois de duas apresentações incríveis, foi a vez da esperada Taberna Folk. Já veteranos no Odin’s Krieger Fest, a banda natural de Cosmópolis, interior de São Paulo iniciou sua apresentação às 19h com a faixa “After A Hard Day”. O quinteto formado por Ricardo Amaro (violão, flauta, gaita de fole e voz), Karina Moreno (percussão e vocais), Luis Henrique Romagnolo (violão, bandolin, vocais), Anderson Bardo (violino, harpa, vocais) e Hugo Taboga (percussão e flauta) continuou o set com “Trotto / A Que Por” e “Lanningan’s Ball”.

Taberna Folk noite 2 - SP - Odins Krieger Fest - mai-2016 - por Rodrigo Monteiro HDR Photo Art e Desgin 021-1

Conforme a banda anunciava as músicas, era possível notar a interação com o público, que sempre acompanhava cantando. Ainda no set do Taberna Folk foram tocadas “Rocky Road To Dublin” e “Viking Party Polka”, porém também houveram alguns pequenos problemas com o som que precisaram de alguns ajustes, mas também nada demorado. O show seguiu com mais faixas aguardadas, como “In Taberna” e “Jeg Sa Ein Ulf”, mas também alegraram o público com músicas descontraídas como “Estamos Todos Bêbados” do Matanza. A Taberna Folk agradeceu ao fãs que vieram prestigiá-los e a organização do festival, encerrando sua apresentação (maravilhosa, diga-se de passagem) com a faixa “Sieben Tage Lang” cantada em uníssono pelos fãs.

Set List Taberna Folk:
After A Hard Day
Trotto / A Que Por
Lanningan’s Ball
Rocky Road To Dublin
Lady In Black (Uriah Heep cover)
Sturm
Viking Party Polka
In Taberna
Jeg Sa Ein Ulf
Some Say The Devils
Mead Party
Drunken Lullabies
Estamos Todos Bêbados (Matanza cover)
Sieben Tage Lang

Enquanto o palco era preparado para a última apresentação do festival, as esperadas lutas nórdicas se tornaram o alvo de atenção do público. Em meio a pista abriu-se uma roda para que todos os curiosos pudessem ver a apresentação da batalha do grupo Ordo Draconis Belli, a qual durou cerca de 15 minutos.

E depois de uma sequência de apresentações extraordinárias, foi a hora da esperada Tuatha de Danann. Em sua formação Bruno Maia (vocal, guitarra, violão, bouzouki, banjo, flautas e bandolin), Rodrigo Berne (guitarra, violões e vocais), Giovani Gomes (baixo), Edgard Britto (teclados), Alex Navar (uilleann pipe), a banda mineira foi muito bem recebida pelo público. O show teve início às 20h40m com “Intro”, seguida por “We’re Back” – álbum ‘Dawn Of A New Sun” – e “Rhymes Against Humanity” – com participação do convidado da banda, Rick Dias. Era perceptível a animação dos fãs, mas como já esperado foi em “Tan Pinga Ra Tan” que o público se demonstrou mais eufórico, continuando no mesmo clima com “Believe: its True!”.

Tuatha de Danann - SP - Odins Krieger Fest - mai-2016 - por Rodrigo Monteiro HDR Photo Art e Desgin 023-1

Era possível notar a interação da banda com o público, ambos muito empolgados com o show. Em meio a apresentação, Bruno Maia agradeceu a presença de seus fãs fiéis e afirmou que o Tuatha de Danann estava muito feliz em estar de volta ao Odin’s Krieger Fest ao lado de tantas bandas da cena folk/viking e claro, ver a casa cheia com tantos fãs. Seguindo o setlist, foram tocadas “The Brave And The Herd” , “Oghma’s Reel” e “Us”, todas muito bem recebidas pelo público, seguidas por “Medley Irish”, “Tir Nan Og (Land Of Youth)” – do álbum ‘Trova Di Danú’ – e “Sack Of Stories”. A apresentação épica do Tuatha de Danann foi encerrada com as faixas “The Last Words”, a esperada “Bella Natura” – cantada em uníssono pelo público – e “Finganforn”, deixando os fãs extremamente satisfeitos com o desempenho da banda ao vivo.

E assim foi encerrada a segunda noite do Odins Krieger Fest 2016, um sucesso absoluto que cumpriu muito bem sua proposta. Bandas nacionais de qualidade, ambiente agradável e capacitado e a casa completamente lotada surpreenderam positivamente todos os presentes, que aguardam ansiosamente pela próxima edição. Agradecimentos à Rodrigo Rossi e Sirleide Patriota pela produção do evento e credenciamento de nossa equipe.

Set List Tuatha de Danann;
Intro
We’re Back
Rhymes Against Humanity
Tan Pinga Ra Tan
Believe: Its True!
The Brave And The Herd
Oghma’s Reel
Us
Medley Irish
Tir Nan Og (Land Of Youth)
Sack Of Stories
The Last Words
Bella Natura
Finganforn

(Visited 151 times, 1 visits today)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *