Lionel Richie – 08-03-2016 – Rio de Janeiro (Arena HSBC)

lionel-richie-no-rio-de-janeiro-credito-daniel-cruz-2-midiorama

Texto por Rodrigo Gonçalves – Fotos por Daniel Cruz Midiorama – Edição por André Luiz

A cena era emblemática. Já se passava da meia-noite de terça para quarta-feira e uma plateia atônita nem sonhava em arredar o pé ou desgrudar os olhos do palco, onde um senhor de 66 anos e com mais de quarenta anos de carreira nas costas comandava uma festa que parecia não ter hora para acabar.

A cena descrita acima é um retrato fiel do que foi o espetáculo proporcionado pelo cantor, compositor e produtor norte-americano, Lionel Richie, na noite de terça-feira (08) no Rio de Janeiro.

Nem mesmo o inexplicável atraso de 50 minutos para o começo do show diminuiu a empolgação do público que compareceu ao show. Do começo apoteótico com “Running” e “Penny Lover”, passando pelo hit “Easy”, dos seus tempos no The Commodores – famosa aqui no Brasil graças a excelente releitura feita pelo Faith No More no álbum “Angel Dust” lançado em 1992 –, Lionel não precisou de muito para conquistar o público carioca. Mesmo após ficar ofegante durante “Ballerina Girl”, sua performance durante o restante da noite não foi prejudicada e tampouco esse fato diminuiu a empolgação do público.

lionel-richie-no-rio-de-janeiro-credito-daniel-cruz-1-midioramaCom um show intitulado “All Hits, All Night Long”, o músico passeou com maestria por todas as fases de sua carreira, presenteando os fãs com uma mistura interessante de músicas tanto dos seus tempos com o The Commodores como também de sua carreira solo. Curiosamente, as músicas de sua primeira banda como “Still”, “Oh No”, “Brick House” e “Sail On”, parecem ter causado mais efeito nos presentes do que os grandes sucessos da sua carreira solo, fato que foi comentado pelo músico ainda durante o show.

Da sua carreira solo, temas como “You Are”, “Stuck On You”, “Say You, SayMe” e “Dancing On The Ceiling” fizeram os presentes transformarem a arena da barra em uma grande pista de dança, tudo com a aprovação do cantor, que não parava de sorrir um segundo sequer. Antes do bis, sobrou tempo ainda para “Endless Love”, sucesso que Lionel gravou com sua amiga Diana Ross, a quem, segundo ele, foi convidada a participar do show, mas preferiu ficar em Nova Iorque fazendo compras.

lionel-richie-no-rio-de-janeiro-credito-daniel-cruz-3-midiorama

A parte final do show foi dedicada àquelas músicas que todo mundo sabe que ele vai cantar, mas ainda assim não conseguem deixar de ficarem ansiosos pelo momento em que elas aparecerão no show. “Hello” e “All Night Long”, dois dos seus maiores sucessos, fizeram a alegria dos presentes e ainda proveram momentos românticos para as dezenas de casais presentes ao show. Antes de “We Are The World”, a derradeira da noite, Lionel fez uma bonita homenagem ao seu grande amigo, Michael Jackson.

Foram 18 músicas em pouco mais de 90 minutos em que o público carioca pôde presenciar uma lenda da música no topo de sua forma, se divertindo horrores e encantando a plateia em uma noite inesquecível. Agradecimentos à Move Concerts e Midiorama pela produção do evento e credenciamento de nossa equipe.

Set List Lionel Richie:
Running With The Night
Penny Lover
Easy / My Love
Ballerina Girl
You Are
Still
Oh No
Stuck On You
Brick House / Fire
Three Times A Lady
Sail On
Lady (You Bring Me Up)
Endless Love
Say You, Say Me
Dancing On The Ceiling
Hello
All Night Long (All Night)
We Are The World

(Visited 289 times, 1 visits today)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *