Testament e Cannibal Corpse – 20-11-2015 – Rio de Janeiro (Circo Voador)

Testament - RJ - nov-2015 - por Allan Barata_O6A3546_2web_wmTexto por Allan Barata – Fotos por Allan Barata – Edição por André Luiz

Testament, Cannibal Corpse e Uzômi são o verdadeiro poder de destruição em massa. Estado Islâmico? Não me faça rir. Pouco mais de um ano após o jornal O Globo ter caracterizado em seu Segundo Caderno o show do Behemoth como “vitória do black metal na Lapa”, os icônicos, lendários deuses do Thrash e Death Metal trouxeram mais um triunfo para o Circo Voador – este repleto de incontestável devastação.

Os ventos no céu do Rio de Janeiro traziam um ar gélido e uma promessa de que a noite seria épica: definitivamente o show do ano, pelo menos na clássica casa de shows – tudo graças à Liberation Music Company. Do lado de fora, uma multidão de vestimentas pretas aguardava a abertura dos portões, marcada para as 20h – muitos rostos familiares, tendo em vista que os fiéis cariocas amantes do metal nunca perdem shows desse porte. Para começar a noite, comemorando 20 anos de carreira, os depravados e insanos do Uzômi – uma aplicação perfeita de Crossover Thrash. A apresentação dos caras foi irrepreensível, embora a maioria dos presentes tenha preferido encher a cara e socializar ou acompanhar bem de longe – lamentável. Bruno Borges – com seus saltos – e Heron – possuído por entidades sombrias tal sua presença de palco – foram os grandes destaques do quinteto na noite, além do lirismo incisivo da banda – boa parte dele provida por Sales.

O Cannibal Corpse seria o próximo. Isso mesmo: mosh pit sangrento, muito headbang e brutalidade plena. George “Corpsegrinder” Fisher e seus companheiros estiveram no mesmo local há cerca de dois anos e meio – justamente no ápice das passeatas contra o governo. Quem viveu sabe: a polícia militar jogou bombas de gás lacrimogêneo e fumaça dentro do Circo Voador, no meio dos shows. Desta vez a única explosão que presenciamos foi a dos nervos do pescoço de Corpsegrinder – o frontman é de outro mundo com seus windmills durante clássicos como “Hammer Smashed Face”, “I Cum Blood”, “Kill or Become” e “Devoured by Vermin”.

Cannibal Corpse - RJ - nov-2015 - por Allan Barata_O6A2956_2web_wm

George é o único que apresenta uma presença de palco constante, enquanto os demais integrantes tendem a permanecer no mesmo lugar por todo o espetáculo – com seus longos cabelos cobrindo seus rostos. Isso é uma observação pelo lado fotográfico, apenas. Os fãs sedentos por sangue não se importam nem um pouco, só visam liberar a raiva no mosh, orquestrada por riffs agressivos que atravessam tímpanos com tremenda violência.

Set List Cannibal Corpse:
Scourge Of Iron
Demented Aggression
Evisceration Plague
Stripped, Raped And Strangled
Disposal Of The Body
Sentenced To Burn
Kill Or Become
Sadistic Embodiment
Icepick Lobotomy
The Wretched Spawn
Dormant Bodies Bursting
I Cum Blood
Unleashing The Bloodthirsty
Make Them Suffer
A Skull Full Of Maggots
Hammer Smashed Face
Devoured By Vermin

Com a sexta-feira quase virando sábado, o Testament subiu ao palco. E pra quem pensa que a maioria estava lá para ver Cannibal – indiscutivelmente, junto com Death, uma das gigantes do gênero – se enganou. O frisson causado pela entrada dos americanos só não foi maior do que quando “Over The Wall” começou – a partir daí veríamos a melhor apresentação no Circo Voador no ano, em minha humilde opinião.

Chuck Billy, Eric Peterson, Alex Skolnick, Steve Di Giorgio, Gene Hoglan… Parece escalação de seleção de futebol, mas era só o lineup invejável do Testament. Eles realmente exalavam felicidade de estarem em terras cariocas. Foi um setlist de opostos: muitas músicas de ‘The New Order’ e ‘The Legacy’ e vários petardos de ‘The Formation Of Damnation’ e ‘Dark Roots Of The Earth’ – início e atualidade. Impossível deixar de mencionar “Into The Pit”, “Disciples Of The Watch” e, a pedidos de Chuck Billy, um wall of death antes do solo de “Formation Of Damnation” – a escolhida pra encerrar a noite.

Testament - RJ - nov-2015 - por Allan Barata_O6A3369_2web_wm

Promessa feita, promessa cumprida. Se novamente forem selecionados dez shows que tenham causado grande impacto no Rio de Janeiro, independente do gênero, Uzômi + Cannibal Corpse + Testament e sua alta octanagem certamente estarão no meio. Agradecimentos especiais à Sylvia Von Sussekind e a assessorial do Circo Voador.

Set List Testament:
Over The Wall
Rise Up
The Preacher
Dog Faced Gods
Henchmen Ride
Native Blood
Legions Of The Dead
True Believer
Into The Pit
Practice What You Preach
The New Order
D.N.R. (Do Not Resuscitate)
3 Days In Darkness
Disciples Of The Watch
More Than Meets The Eye
The Formation Of Damnation

(Visited 162 times, 1 visits today)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *