Pearl Jam – 22-11-2015 – Rio de Janeiro (Maracanã)

Pearl Jam - RJ - nov-2015 - por Marcos Hermes T4F VIITexto por Rodrigo Gonçalves (colaboração de Arony Martins) – Fotos por Marcos Hermes T4F – Edição por André Luiz

Finalmente o tão sonhado reencontro entre o Pearl Jam e os fãs cariocas aconteceu. Após a apresentação histórica que o grupo realizou na Praça da Apoteose em novembro de 2011, eles passaram batidos por aqui em 2013, quando foram headliners do festival Lollapalooza em São Paulo. O grupo de Seattle se apresentou no estádio do Maracanã na noite de domingo (22) diante de cerca de 50 mil pessoas. O quinteto chegou ao Rio de Janeiro após uma série de shows no Chile e Argentina, além de Porto Alegre, Belo Horizonte e São Paulo. A banda atualmente está em turnê divulgando seu décimo álbum de estúdio, ‘Lightning Bolt’, lançado em outubro de 2013.

Uma característica que tem marcado os shows do grupo neste giro pela América Latina é as mudanças no setlist. De noite para noite a banda troca músicas, inverte ordem de outras e, o mais importante: de alguma maneira sempre consegue surpreender o seu público, quase sempre com apresentações que beiram as três horas de duração.

Pearl Jam - RJ - nov-2015 - por Marcos Hermes T4F IV

Com cinquenta-sessenta minutos de atraso, uma voz pôde ser ouvida por quem estava na pista premium gritando “DESLIGA! DESLIGA!”, as luzes foram apagadas e imediatamente, um a um os músicos entraram no palco, com o vocalista Eddie Vedder carregando uma pasta repleta de papéis. Tratava-se da cola que ele havia feito para se comunicar em português com a plateia.

O espetáculo divido em três partes trouxe ao público carioca uma bela leitura de seus 25 anos de carreira, alternando músicas do mais recente álbum ‘Ligthing Boll’ e de significativos trabalhos como ‘Yeld’, ‘Vitalogy’, ‘Vs’ e ‘No Code’, todavia o álbum que mais cedeu canções ao repertório da noite foi exatamente o trabalho de estréia do grupo ‘Ten’. E seguramente um bom argumento para isso é a qualidade desse trabalho, para muitos o melhor já produzido pelo Pearl Jam. E com toda a certeza esse foi um tiro certo dado por Eddie e cia., visto que a resposta do público às sete músicas do referido disco executadas pela banda foi única em relação ao concerto como um todo.

A primeira parte foi dedicada a uma mistura interessante de temas antigos, como “Oceans” e “Present Tense”, que abriram o show e fizeram os cariocas começarem a agitar logo de cara com músicas como “Mind Your Manners”, do último álbum de estúdio lançado pela banda. Houve ainda espaço para sucessos como “Do The Evolution” e “Even Flow”, os quais fizeram o Maracanã explodir em uma sinfonia de vozes, e até mesmo “Setting Forth”, da carreira solo de Eddie Vedder, do disco que o cantor gravou como trilha sonora para o filme “Into The Wild”.

Pearl Jam - RJ - nov-2015 - por Marcos Hermes T4F I

A porção do show dedicada a covers é um dos pontos altos da apresentação. Foi possível ouvir “Imagine” de John Lennon, “Comfortably Numb” do Pink Floyd e “Rockin’ In The Free World” do Neil Young. Entretanto não foram incluídas no set para uma pura “encheção de linguíça”, são covers contextualizados. Foram homenageadas as vítimas do atentado em París na última semana e talvez as duas maiores influências de Eddie Vedder como músico e compositor, Roger Waters e Neil Youg – esse último um fã declarado da banda e de quem o grupo bebe muito, pois é notória a influência do músico americano nas composições do Pearl Jam.

A banda reservou para a última parte do show alguns de seus maiores sucessos. Músicas como “Last Kiss”, “Black” – com participação de milhares de telefones celulares com as luzes acesas e grande cantoria por parte do público – foram com certeza alguns dos momentos mais memoráveis do show, assim como a execução do clássico “Alive” e “Yellow Ledbetter”, responsável por encerrar a apresentação quando a banda já havia sido avisada que deveria sair do palco.

Pearl Jam - RJ - nov-2015 - por Marcos Hermes T4F XI

Uma característica interessante de se observar é a forma simples com a qual o Pearl Jam aborda sua própria música. Em tempos de shows cada vez mais espalhafatosos, o grupo de Seattle vai na contramão do que parece ser praxe no show business atualmente e mantém sua estrutura de palco simples, com poucas adornações, os músicos tocando próximos uns dos outros e com o telão transmitindo imagens em preto e branco durante boa parte do espetáculo, o que faz com que a banda consiga a proeza de dar um clima intimista ao show mesmo tocando diante de 50 mil pessoas no palco mais famoso do futebol mundial. Após o giro pelo Brasil, os americanos seguiram para Colômbia e México, encerrando seu giro de quase um mês pela América Latina. Agradecimentos à T4F pela produção do evento e credenciamento de nossa equipe.

Set List Pearl Jam:
Oceans
Present Tense
Corduroy
Hail, Hail
Mind Your Manners
Do the Evolution
Amongst The Waves
Save You
Even Flow
Who You Are
Setting Forth (Eddie Vedder)
Not For You
Sirens
Given To Fly
I Want You So Hard (Boy’s Bad News) (Eagles Of Death Metal cover)
Comatose
Lukin
Rearviewmirror

Yellow Moon
Elderly Woman Behind The Counter In A Small Town
Just Breathe
Imagine (John Lennon cover)
Jeremy
Why Go
The Fixer
Porch

Last Kiss (Wayne Cochran cover)
Comfortably Numb (Pink Floyd cover)
Spin The Black Circle
Black
Better Man
Alive
Rockin’ In The Free World (Neil Young cover)
Yellow Ledbetter

(Visited 243 times, 1 visits today)