Pearl Jam – 14/11/2015 – São Paulo (Estádio do Morumbi)

Pearl Jam - SP - nov-2015 - por MROSSI T4F IITexto por Sara Ferrer – Fotos por MROSSI (T4F) – Edição por André Luiz

Gigantes do rock mundial, o grupo norte-americano Pearl Jam proporcionou uma noite esplendorosa a todos que compareceram no estádio do Morumbi, no sábado (14), em São Paulo. Após a passagem por Porto Alegre, (11), os paulistas desfrutaram das composições singulares e performances enérgicas, além do carisma de Eddie Vedder e companhia.

Em sua quarta passagem pelo país – outrora foram 2005, 2011 e 2013 –, desta vez promovendo a turnê de divulgação de seu mais recente disco, o ‘Lightning Bolt’ (2013), o Pearl Jam enfrentou algumas adversidades para concluir o [in]esperado: 3h de show que seguiu entre fortes rajadas de vento, chuva a partir do final da primeira parte do show, e imprevistos no palco, devido ao clima característico da metrópole depois de um dia ensolarado. Passeando por seus áureos 25 anos de carreira, o set list teve 33 músicas, para deleite de um público que lotou as dependências do estádio do Morumbi.

Pearl Jam - SP - nov-2015 - por MROSSI T4F I

Uma das características peculiares do Pearl Jam é não seguir à risca set lists previamente executados, tanto que “Long Road” e “Of The Girl” foram as responsáveis pelo início do show, pouco antes das 21h. Na sequência, Vedder pronunciou-se em bom português com auxílio de anotações, agradecendo de forma emocionada: “Muito obrigado a todos por estarem aqui, sentimos que precisamos estar com pessoas hoje e estamos felizes, pois estarmos com vocês em São Paulo”.

Em referência aos atentados de sexta-feira (13) na França, completou: “Nosso amor vai para todos em Paris, temos ainda muito a superar juntos”, homenageando as vítimas com “Love Boat Captain” (canção escrita em pesar após nove fãs da banda morrerem pisoteados durante show no Festival Roskilde, na Dinamarca, em 2000), com uma pequena modificação em sua letra original: “Lost 9 friends we’ll never forget, two years ago, today” (Perdemos 9 amigos que nós nunca conheceremos, há dois anos atrás), transformando em “Lost 90 friends we’ll never know, Oh, again, today” (Perdemos 90 amigos que nós nunca conheceremos, Oh, novamente, hoje), comoção à flor da pele.

Pearl Jam - SP - nov-2015 - por MROSSI T4F XV

Mantendo ávido seu espírito jovem, os eternos (porém já cinquentões) rapazes de Seattle destacam-se pela performance de total entrega, mensagem de amor e principalmente pelo carinho e cuidado demonstrado por seus fãs. Vedder mostra-se todo momento preocupado com o público, perguntando sempre se estão todos bem. “Do The Evolution” veio com toda força, frenética e empolgante. “Why Go” foi a primeira do clássico disco “Ten”, de 1991 a ser executada, seguida por faixas do ‘Lightning Bolt’: “Gateway” mais alternativa, e na pegada punk com arranjos modernos “Mind Your Manners”.

Eddie aproveitou para executar uma faixa acústica que não estava no set, “Elderly Woman Behind The Counter In A Small Town”, enquanto a equipe checava se estava tudo dentro dos conformes e seguro no palco, devido à ventania. Mas o que veio a seguir foram sucessos, e a catarse coletiva fez-se presente em “Even Flow” propagando o ápice da noite, ainda com Mike McCreaddy arrebentando no solo, descendo ao fosso do palco, aproximando-se dos fãs, tocando com sua guitarra nas costas. Incrível! E o set sublime continuou com “Given To Fly”, “Jeremy”, “Better Man” e “Rearviewmirror”,

Pearl Jam - SP - nov-2015 - por MROSSI T4F VII

Para o primeiro bis, “Footsteps”, e mais uma homenagem às vítimas de Paris com um cover da canção atemporal de John Lennon, “Imagine”, durante a qual Vedder pediu para que o público acendesse seus celulares, com os quais iluminaram o estádio assim como estrelas resplandecentes; finalizando com “Porch”. Nova saída do palco, e mais um retorno, a noite foi longa e fez jus ao valor cobrado pelos ingressos.

O segundo e último bis abriu com “Comatose”, e os sucessos do aclamado álbum ‘Ten’, de 1991: “Black” seguida de “Alive” estendida, causando frenesi geral, com Vedder correndo pelo palco, escorregando, se despedindo. “Rockin’ In the Free World”, cover de Neil Young, chegou pulsante, com os refletores acesos, indicando que o espetáculo estava chegando ao seu fim, com a chuva que começava a dissipar-se. Na sequência executaram “Yellow Ledbetter” e mais uma, quando a banda já estava deixando o palco, “All Along the Watchtower”, cover do saudoso Bob Dylan.

Pearl Jam - SP - nov-2015 - por MROSSI T4F XI

Artistas que prezam por seu público são assim: interagem, preocupam-se e fazem com que todos participem da apresentação, tornando cada passagem pelo país inesquecível; por todo amor, por todo arrepio e por cada gota de suor derramado dos fãs fervorosos que acompanham a banda vindo de diversas cidades, eternizado em um momento único. Agradecimentos à Time For Fun pela produção do evento e credenciamento de nossa equipe.

Pearl Jam é:
Eddie Vedder – vocais e guitarra
Jeff Ament – baixo e backing vocal
Stone Gossard – guitarra e backing vocal
Mike McCready – guitarra
Matt Cameron – bateria
Boom Gaspar – teclado e piano (músico de turnê)

Set List Pearl Jam:
Long Road
Of the Girl
Love Boat Captain
Do The Evolution
Hail Hail
Why Go
Getaway
Mind Your Manners
Deep
Corduroy
Lightning Bolt
Elderly Woman Behind The Counter In A Small Town
Even Flow
Come Back
Swallowed Whole
Given To Fly
Jeremy
Better Man
Rearviewmirror

Footsteps
Imagine (cover John Lennon)
Sirens
Whipping
I Am Mine
Blood
Porch

Comatose
State Of Love And Trust
Black
Alive
Rockin’ In the Free World (cover Neil Young)
Yellow Ledbetter
All Along The Watchtower (cover Bob Dylan)

(Visited 90 times, 1 visits today)