CJ Ramone – 31/10/2015 – São Paulo (Hangar 110)

CJ RAMONE -Hangar110-SP - Outubro-2015 (5)

Texto por Alvaro Ramos – Fotos por Felipe Buli – Edição por André Luiz

Tocando no Brasil pelo quinto ano consecutivo, CJ Ramone voltou a São Paulo no sábado, 31 de outubro, para apresentar novamente o show da turnê de divulgação de seu mais recente álbum, ‘Last Chance To Dance’. Mais uma vez tocando no Hangar 110, CJ fez um show de aproximadamente 1h20m, mesclando clássicos do Ramones com canções de seus álbuns ‘Reconquista’ e ‘Last Chance To Dance’.

A abertura da casa ocorreu por volta das 19h, conforme previsto na programação inicial, e uma hora depois a banda mineira Dillinger entrou no palco, executando por cerca de 35 minutos algumas canções autorais, além de covers para músicas dos Ramones, Misfits, Sex Pistols e Motörhead.

Após intervalo de vinte minutos, a segunda e última banda de abertura: Jiro Okabe subiu ao palco acompanhado de sua banda, executando músicas de seu disco solo e também alguns clássicos dos Ramones. Apesar de não ser dono de uma grande voz, agradou boa parte do público presente com sua simpatia, ainda mais porque após sua apresentação, ficou vagando por todas as áreas da casa de shows para interagir com os fãs que aguardavam ansiosamente pelo show de CJ Ramone.

Ao término da apresentação de Jiro Okabe, mais um intervalo e, ao apagar das luzes, o momento mais esperado da noite: CJ Ramone entrou no palco acompanhado de Steve Soto e Dan Root (ambos do The Adolescents) e Pete Sosa (Street Dogs), iniciando o show com uma sequência de faixas de seu mais recente álbum, ‘Last Chance To Dance’; “Understand Me” foi escolhida para iniciar a noite, e logo depois “Won’t Stop Swinging” e “One More Chance” mostraram ao público a qualidade e força de suas novas músicas quando tocadas ao vivo. Para euforia dos presentes, CJ fez a primeira interrupção no show para perguntar se alguém gostaria de ouvir alguma coisa dos Ramones. A resposta é óbvia para todos que estavam lá, e o show prosseguiu com “Judy Is A Punk”, cantada em uníssono pelo público.

“Carry Me Away”, do novo álbum deu continuidade, para depois um dos momentos mais altos do show: “Cretin Hop”, dos Ramones, fez todos os fãs dançarem e cantarem com CJ e banda. Na sequência, foram executadas “What We Gonna Do Now”, “Cluster Fuck” e a bela “Three Angels”, que foi escrita por CJ em homenagem aos seus falecidos ex-companheiros de banda (presente no álbum ‘Reconquista’).

CJ RAMONE -Hangar110-SP - Outubro-2015 (13)

Dali em diante o set list continuou com uma mistura de clássicos dos Ramones e canções de sua carreira solo: “Danny Says”, “’Til The End”, e “Cretin Family”, outros dos muitos pontos altos do show. Antes de continuar com “I Wanna Be Your Boyfriend”, CJ parou o show novamente para anunciar que cantaria uma canção romântica, e pediu para todos os casais presentes dançarem com ele. “Glad To See You Go” e “Pit Stop” vieram a seguir, dando espaço para a clássica absoluta “Strenght To Endure”, que apesar de ter sido composta por Dee Dee, foi gravada por CJ e lançada no álbum ‘Mondo Bizarro’ pelos Ramones, tornando-se uma das canções de maior sucesso da sua fase na banda.

“Baby I Love You”, da banda dos anos 60 The Ronettes e gravada pelos Ramones veio a seguir, e depois a execução de “The KKK Took My Baby Away”, outra faixa cantada em coro pelo público. “Last Chance To Dance”, faixa-título de seu mais recente álbum foi a canção seguinte, dando espaço para “California Sun”, que fecharia a primeira parte do show de forma impecável.

CJ RAMONE -Hangar110-SP - Outubro-2015 (18)

Após breves agradecimentos, CJ Ramone e banda deixam o palco, voltando minutos depois sob pedidos ensandecidos de seus fãs. CJ agradeceu ao público mais uma vez, e já disparou “My Back Pages”, escrita por Bob Dylan e gravada pelos Ramones com CJ nos vocais. Ao término, CJ anunciou que chamaria ao palco um grande amigo seu para cantar música seguinte: e eis que João Gordo surgiu no palco para cantar “Commando”, dos Ramones. No álbum Anarkophobia de sua banda, Ratos de Porão, Gordo já havia gravado a música, que de tão boa em sua versão, é tocada em quase todos os shows dos Ratos.  Para todos presentes, foi sem dúvida um dos grandes momentos do show.

Encerrando o encore, CJ escolheu “Psycho Therapy” dos Ramones, fechando o show da forma mais enérgica possível. Novamente, CJ e banda deixaram o palco para a tristeza de seus fãs. É claro que após o “término”, os fãs continuaram pedindo mais músicas, então mais uma vez CJ voltou ao palco, agradecendo pelo carinho do público e dizendo que tocariam mais alguma coisa. “Blitzkrieg Bop”, a música considerada mais famosa de toda a carreira dos Ramones, foi tocada, levando o Hangar 110 abaixo. Para encerrar a apresentação – de verdade –, CJ e banda tocaram “R.A.M.O.N.E.S”, faixa composta pelo Motörhead em 1991, como homenagem à maior banda punk de todos os tempos. Pela terceira vez, CJ deixou o palco, mas antes de ir disse que voltaria em breve para nos brindar com outra noite memorável aos fãs de punk rock.

CJ RAMONE -Hangar110-SP - Outubro-2015 (11)

Durante todo o show, CJ demonstrou que apesar de ser um eterno Ramone e ter muito orgulho do que fez com a banda, possui talento de sobra para fazer ótimos álbuns e proporcionar um show que empolga seus fãs tanto quando executa as canções clássicas dos Ramones, quanto suas músicas novas. Acredito que assim como este que vos escreve, a grande maioria dos presentes torcerá para que CJ continue vindo ao nosso país anualmente, pois mesmo com 25 músicas e quase uma hora e meia de show, a sensação é de que a apresentação não durou nem 15 minutos, e a ansiedade por uma próxima vez já é imensa! Agradecimentos à CP Management,  Hangar 110 e Costábile Salzano Jr. pela produção do evento e credenciamento de nossa equipe.

Set List CJ Ramone:
Understand Me
Won’t Stop Swinging
One More Chance
Judy Is A Punk (Ramones Cover)
Carry Me Away
Cretin Hop (Ramones Cover)
What We Gonna Do Now
Cluster Fuck
Three Angels
Danny Says (Ramones Cover)
‘Til The End
Cretin Family (Ramones Cover)
I Wanna Be Your Boyfriend (Ramones Cover)
Glad To See You Go (Ramones Cover)
Pit Stop
Strenght To Endure (Ramones Cover)
Baby I Love You (The Ronettes Cover)
The KKK Took My Baby Away (Ramones Cover)
Last Chance To Dance
California Sun (Joe Jones Cover)

My Back Pages (Bob Dylan Cover)
Commando (Ramones Cover – Participação Especial: João Gordo)
Psyho Therapy (Ramones Cover)

Blitzkrieg Bop (Ramones Cover)
R.A.M.O.N.E.S (Motörhead Cover)

(Visited 50 times, 1 visits today)

Comments

  1. Finalmente o setlist certo! Vi resenhas em um monte de lugares e os caras copiam o setlist de BH, colam na matéria na maior cara de pau! Parabéns André.

  2. Não apenas direciono os parabens ao autor da matéria (Alvaro) como peço pra que sempre que houver disparidades no set ou comentários a fazer sobre a matéria, pra comunicarmos. Abraço e muito obrigado pela audiência qualificada!