Masterplan – 15-10-2015 – Rio de Janeiro (Teatro Odisseia)

Masterplan-RJ-out-2015-por-Arony-Martins-XI

Texto por Rodrigo Gonçalves – Fotos por Arony Martins – Edição por André Luiz

Doze anos após se apresentar no Rio de Janeiro pela primeira vez, quando abriu o show do Gamma Ray no Canecão, o Masterplan retornou à Cidade Maravilhosa para dar inicio à sua nova turnê pela América Latina. Muita coisa aconteceu nesse tempo que o grupo passou afastado dos palcos brasileiros. Se em 2003 a banda havia lançado o seu álbum de estreia que entrou na maioria das listas de melhores daquele ano, 12 anos depois o panorama é completamente diferente e a nova turnê ganhou ares de recomeço para o grupo. Da banda que causou excelente impressão logo em sua estreia, só sobrou mesmo o guitarrista e líder espiritual do grupo, Roland Grapow. O baterista Uli Kursh e o vocalista Jorn Lande saíram há tempos (Lande chegou a retornar ao grupo mas logo abandonou o barco novamente) e a atual formação do Masterplan consiste em Rick Altzi (vocal), Axel Mackenrott (teclado), Jari Kainulainen (baixo), Martin “Marthus” Skaroupka (bateria), além do já citado Grapow.

Recentemente a renovada banda lançou um CD/DVD ao vivo, gravado no festival Masters of Rock e que conta com um apanhado dos melhores momentos de sua carreira. Aliás, o nome do novo lançamento dá bem o tom do que tem sido essa turnê para o grupo ‘Keep Your Dream aLive’. Mas engana-se quem pensa que a turnê é meramente pilantragem. Em cima do palco, o Masterplan demonstra que ainda está vivo. E muito. A banda entrega um show excelente, no qual passeia com maestria pelos seus cinco álbuns e manda para escanteio qualquer possível sombra de seus ex-integrantes, principalmente do ex-vocalista Jorn Lande.

Unmasked-Brains-RJ-out-2015-por-Arony-Martins-I

Na abertura da noite, tivemos a apresentação da banda carioca Unmasked Brains. Formado na década de 90, o grupo retomou as atividades há alguns anos e desde então vem gravando e fazendo shows. O da referida noite abrindo para o Masterplan foi divertido, com a banda interagindo bastante com o público. A boa produção do show demonstrou um diferencial do quarteto em meio ao que é costumeiro no underground do Rio de Janeiro. Entre as canções apresentadas, destaco “Numbers”, “The New Order Of Desorder” e “A Máquina”, que encerrou o show dos cariocas.

Masterplan-RJ-out-2015-por-Arony-Martins-VII

Pouco depois foi a vez do Masterplan surgir no palco do Teatro Odisseia. A banda já entra em cena detonando duas excelentes músicas do álbum de estreia, “Enlighten Me” e “Spirit Never Dies”, que de cara levantam o público e dão a indicação de que os fãs teriam uma noite especial pela frente. Houve também espaço para surpresas como “Wounds” e “I’m Not Afraid”, ambas que não eram tocadas ao vivo desde 2008. Mas a maior surpresa da noite ainda estava por vir e acho que ninguém ali esperava que fosse acontecer.

Masterplan-RJ-out-2015-por-Arony-Martins-VI

Quem conhece a carreira do Masterplan, sabe que Grapow sempre tentou se desvencilhar o máximo que pôde do Helloween, evitando até mesmo tocar músicas de sua ex-banda nos shows do Masterplan. Por isso quando ele falou ao público que tocariam uma música de sua autoria que havia escrito quando tinha 29 anos, provavelmente nenhum dos presentes imaginou o que aconteceu em seguida. “The Chance”, música do obscuro ‘Pink Bubbles Go Ape’ de 1991, foi executada e levou o público ao delírio. Um verdadeiro presente para os fãs. O restante do show foi composto de temas que comprovam a força do material da banda, como “Black Night Of Magic”, “Crimson Rider” e “Back For My Life”, demonstrando que apesar das diferentes fases e formações, a música e a qualidade das apresentações sempre prevaleceu.

Masterplan-RJ-out-2015-por-Arony-Martins-X

A parte final do show foi quase que inteiramente dedicada ao autointitulado álbum de estreia do grupo, lançado em 2003. Destaque para as excelentes “Soulburn” e “Crystal Light”, além de “Kind Hearted Light” e “Crawling From Hell”, que fechou o show em clima de descontração, com o vocalista Rick Altizi apresentando a banda, contando piadas enquanto praticamente abraçava uma inseparável latinha de cerveja. Agradecimentos à Blog ‘n’ Roll nas pessoas de Roberto e André Smirnoff pela produção do evento e credenciamento de nossa equipe.

Set List Masterplan:
Enlighten Me
Spirit Never Die
Wounds
Lost and Gone
Betrayal
Black Night of Magic
Crimson Rider
I’m Not Afraid
Back for My Life
Time to Be King
Keep Your Dream Alive
Crystal Night
Soulburn
The Chance
Heroes

Kind Hearted Light
Crawling From Hell

(Visited 60 times, 1 visits today)