Nightwish – 26-09-2015 – São Paulo (Tom Brasil)

Nightwish - SP - set-2015 - por Costábile Salzano Jr The Ultimate MusicXVTexto por Sara Ferrer – Fotos por Costábile Salzano Jr. (The Ultimate Music) – Edição por André Luiz

Após a bem sucedida apresentação no palco Sunset do Rock in Rio (digna de Palco Mundo), a banda ícone do Metal Sinfônico finlandês, Nightwish, desembarcou no sábado (26) para show em São Paulo, no Tom Brasil (antigo HSBC Brasil), dando continuidade as datas pelo país da ‘Endless Forms Most Beautiful Tour 2015’.

Sem atrasos e com casa lotada, a introdução “Roll Tide” – uma canção de Hans Zimmer – marcou o prelúdio para entrada do grupo ao palco, formado por Kai Hahto (bateria), Troy Donocley (gaita irlandesa/vocal), Emppu Vuorinen (guitarra), Marco Hietala (baixo/vocal), Tuomas Holopainen (teclado) e Floor Jansen (vocal), emergindo carismáticos após a citação de Richard Darwins, para dar início ao show com “Shudder Before The Beautiful”, ovacionados pelo público.

Nightwish - SP - set-2015 - por Costábile Salzano Jr The Ultimate MusicXVIII

Claro que o set list seria calcado no mais recente trabalho – que dá nome a turnê –, desta forma, o grupo executou a pesada “Yours Is An Empty Hope”, com os duelos entre Floor e a voz peculiar de Marco Hietala. Troy demonstrou porque mereceu seu posto no Nightwish, com voz precisa e suave, além da habilidade com sua flauta transversal, destacando-se em “My Walden”. A canção “Élan” empolgou os fãs, que cantaram animados, em uma troca de energia emocionante; este single funciona harmoniosamente ao vivo, tom este que prosseguiu com “Weak Fantasy”, que foi precedida de um incrível solo de bateria de Kai.

Marco teve seu momento solo e intimista, utilizando seu baixo de dez cordas customizado e convidou todos a acompanhá-lo em “The Islander”, do disco ‘Dark Passion Play’, de 2007. Floor impressionou com sua performance em “7 Days To The Wolves”, também do mesmo disco, continuando o dueto vocal com Hietala. A vigorosa “Storytime” e a dançante “I Want My Tears Back”, extraídas do disco ‘Imaginaerum’, de 2011, demonstraram uma banda completamente engajada.

Nightwish - SP - set-2015 - por Costábile Salzano Jr The Ultimate MusicIII

Em um passado não muito distante, porém não menos presente, a canção “Ever Dream”, única representante do disco “Century Child”, de 2002, foi executada com os fãs cantando seu começo à capela, provocando frenesi visível no público. Na sequência, as mais antigas “She Is My Sin”, do “Whismaster”, 2000 e a faixa homônima, com os solos arrasadores de Vuorinen, levaram a galera ao delírio. Mas a nostalgia dos fãs viria com “Stargazers” e “Sleeping Sun”, ambas do Oceanborn, 1998, no decorrer da apresentação. Floor Jansen possui uma qualidade única em sua forma de interpretar: a soprano se entrega no palco, seguindo assim do começo ao fim do show.

Nightwish - SP - set-2015 - por Costábile Salzano Jr The Ultimate MusicX

Para encerrar, foram escolhidas a épica faixa: “Ghost Love Score”, do disco ‘Once’, de 2004 – um dos álbuns responsáveis pelo estrelato do grupo – durante a qual Jansen fez uma deslumbrante performance vocal – sendo ao final parabenizada brevemente por Emppu – e “The Last Ride Of The Day”. A trupe comandada por Tuomas Holopainen despediu-se ao som de “The Greatest Show on Earth (Chapter IV: The Understanding; Chapter V: Sea-Worn Driftwood)”, com a sensação de termos visto um dos melhores espetáculos da Terra proporcionado pelo grupo. Agradecimentos à Dynamo pela produção do evento e Costábile Jr. pelo credenciamento de nossa equipe.

Set List Nightwish:
Roll Tide (Hans Zimmer song)
Shudder Before The Beautiful
Yours Is an Empty Hope
Ever Dream
She Is My Sin
My Walden
The Islander
Élan
Weak Fantasy
7 Days to the Wolves
Storytime
I Want My Tears Back
Wishmaster
Stargazers
Sleeping Sun
The Greatest Show on Earth (Chapter II: Life; Chapter III: The Toolmaker)
Ghost Love Score
Last Ride of the Day
The Greatest Show on Earth 
(Chapter IV: The Understanding; Chapter V: Sea-Worn Driftwood)

(Visited 144 times, 1 visits today)