Adrenaline Mob, Noturnall e República – 09-05-2015 – São Paulo (Carioca Club)

Adrenaline Mob - SP - mai-2015 - por Rodrigo Monteiro 033

Texto por Karina Cavalcante – Fotos por Rodrigo Monteiro – Edição por André Luiz

A noite de sábado com certeza foi arrasadora para aqueles que presenciaram as apresentações do Adrenaline Mob, Noturnall e República no Carioca Club em São Paulo. Aqueles que vieram para assistir ao show da headliner e chegaram cedo, se surpreenderam com o som das duas bandas brasileiras que estão sendo um orgulho para o metal nacional.

As 17h, enquanto o público ainda chegava no Carioca Club, a banda de Heavy Rock Republica entrou no palco para agitar os presentes com “Time To Pay”. Animados pela sequência de novidades em sua carreira (turnê em conjunto com Adrenaline Mob e Noturnall, abertura de grandes shows internacionais e diversos festivais pelo Brasil, incluindo presença no Rock in Rio deste ano), em meio às músicas do álbum ‘Point Of No Return’ (2013), seguiu com as faixas “Why?”, o premiado single “Change My Way”,  “Life Goes On” e “Goodbye Asshole”.

O Republica convidou o tecladista do Noturnall, Juninho Careli, para tocar com eles o cover “Supremacy”, da banda norte-americana Muse. Após “No Mercy”, o vocalista Leo Belling apresentou o guitarrista Luiz Fernando Vieira (que executou um grandioso solo) e depois o restante de seu time: o guitarrista Jorge Marinhas, o baixista Marco Vieira e o baterista Fernando Rensi. O show continua com “Dark Road” e “The Land Of The King”, e como cada apresentação da turnê ganhou uma surpresinha batizada pela banda de ‘Classic Of The Evening’, a de São Paulo foi o cover do AC/DC “Highway To Hell”. Agradecendo a todos pela presença e pelo carinho, o Republica encerrou com “El Diablo”.

Set list Republica:
Time To Pay
Why?
Change My Way
Life Goes On
Goodbye Asshole
Supremacy
No Mercy
Guitarr Solo
Dark Road
The Land Of The King
Highway To Hell
El Diablo

E a noite ainda estava só começando, quando o Noturnall entrou no palco quebrando tudo com “Fake Healers”, “Zombies” e “No Turn At All”, músicas de seu debut album homônimo lançado em 2014, sendo aplaudidos pelos fãs. Em seguida veio “Back To Fuck You Up”, que nomeia o mais recente trabalho dos brasileiros, lançado alguns dias atrás. O público também agitou muito em “Hate” e “Fight The System”.

Apenas pela aparência do equipamento, todos se admiravam com o equipamento enorme que Aquiles Priester (ex-Angra, Hangar, Primal Fear) utilizava em sua performance com a Noturnall, mas quando o baterista executou seu solo incrível (o qual contou até mesmo com um trecho de “Brasileirinho”), pode-se dizer que suas baquetas tocaram na alma de todos ali presentes.

Sempre muito animados, a banda composta pelos membros do antigo Shaman Thiago Bianchi (vocal), Fernando Quesada (baixo), Júnior Carelli (teclado) e Léo Mancini (guitarra) agradeceram pela presença de todos, enfatizando que o metal nacional está mais vivo do que nunca. O Noturnall encerrou com o clássico cover de “Cowboys From Hell” (Pantera) e “Nocturnal Human Side”, se despedindo do público com a mensagem ‘Lutem pelo seu país, ajudem o Brasil do metal!’.

Set list Noturnall:
Fake Healers
Zombies
No Turn At All
Back To Fuck You Up
Hate
Fight The System
Drum Solo
Cowboys From Hell
Nocturnal Human Side

Era chegado o esperado momento do Adrenaline Mob subir ao palco do Carioca Club. Russell Allen surgiu com um taco de baseball nas mãos ao som de “Mob Is Back”, e seguiu girando o microfone pelo fio em “Let It Go” e “Dearly Departed”, todas faixas do mais novo álbum, “Men Of Honor”, lançado no início deste ano.

Russell, também vocalista do Simphony X, disse ‘estar muito feliz por estar de volta à São Paulo nesta turnê com o Noturnall e o Republica’ e agradeceu o carinho do público antes de “Gets You Through the Night”, seguindo com a releitura de uma clássica canção do Country norte-americano, “The Devil Went Down To Georgia”, do cantor Charlie Daniels. Era a vez do guitarrista Mike Orlando apresentar seu solo de mestre, para na sequência Russell, o baixista Erik Leonhardt e o baterista Chad Szeliga voltarem para um segundo cover, “Snortin Whiskey”, da Pat Travers Band.

Adrenaline Mob - SP - mai-2015 - por Rodrigo Monteiro 026

O momento acústico do show emocionou a todos. Russell conta que sempre dedicou “All On The Line” (canção do primeiro álbum da banda) para sua filha a quem cantava todas as noites, porém naquela noite a música foi dedicada ao baterista AJ Pero, que esteve com o Adrenaline até o começo deste ano (após a saída da Mike Portnoy), mas infelizmente faleceu. Antes da homenagem, Russell relatou o quão grande AJ foi não apenas como baterista, mas como ser humano. Em seguida encerrou-se o momento tão singelo com uma canção sobre as conexões que são feitas na vida: “Crystal Clear”.

Os fãs voltam a agitar em “Undaunted” e “Black Sabath Medley”, quando Russel atirou camisetas para o público usando seu taco de baseball. O encore encerra a grande noite com “Indifferent” e “The Mob Rules”. Aquela sem dúvida foi uma noite memorável para os fãs de Heavy Metal, na qual as três bandas agradaram e eletrizaram o público do início ao fim. Agradecimentos à Damaris Hoffman pelo credenciamento de nossa equipe na cobertura do evento, além de Eliton Tomasi e Susi dos Santos da Som do Darma pelo suporte durante a divulgação da tour.

Set list Adrenaline Mob:
Mob Is Back
Let It Go
Dearly Departed
Gets You Through The Night
The Devil Went Down To Georgia
Snortin Whiskey
All On The Line
Crystal Clear
Undaunted
Back Sabath Medley
Indifferent
The Mob Rules

(Visited 44 times, 1 visits today)

Comments

  1. Obrigado pelo contato Ingui, busquei a informação e constatei que a música realmente não foi executada no set, informei à Karina Cavalcante a respeito.

    Forte abraço!