Sonata Arctica – 03-03-2015 – Rio de Janeiro (Circo Voador)

Compartilhe:

Sonata Arctica - mar-2015 - RJ - por Allan Barata Merge-Visibleweb_wm

Texto por Anthony Andrew – Fotos por Allan Barata – Edição por André Luiz

Pela segunda vez em menos de um ano, o Sonata Arctica desembarcou em solo carioca para apresentação válida pela bem-sucedida turnê “Pariah’s Child Latin American Tour”, que já passou por diversas cidades brasileiras e ainda passará por outros países como Argentina, Chile, Bolívia, Peru, Colômbia e México até o dia 22 deste mês, divulgando seu mais recente trabalho ‘Pariah’s Child’, lançado em 28 de março de 2014.

As 19h30m abriram-se os portões, a pista do Circo Voador foi sendo tomada aos poucos pelo público que já aguardavam ansiosos na fila de espera para assistir a performance do quinteto finlandês formado por Tonny Kakko (vocais), Elias Viljanen (guitarra), Pasi Kauppinen (baixo, Henrik Klingenberg (teclado) e Tommy Portino (bateria). A expectativa dos fãs era de presenciar um show inesquecível, o que em algumas horas seria plenamente correspondida.

As 21h02m, com brevíssimo atraso e sem banda de abertura, o Sonata Arctica entra em cena no palco, em alto astral, dando início ao concerto com “The Wolves Die Young”, faixa-single de abertura do álbum ‘Pariah’s Child’. Na sequência, a acelerada “8th Commandment” do álbum de estreia da banda, ‘Ecliptica’ (que rapidamente tornou o público presente mais eufórico), “Paid In Full”, “What Did You Do In the War, Dad?”, o cover “Losing My Insanity”, do cantor Ari Koivunen e “Black Sheep”.

“Letter to Dana”, conceituada faixa, foi o princípio para a emoção tomar conta do público. Do lado esquerdo do palco, pude perceber lágrimas escorrendo pelas faces dos ali presentes, conectados à enigmática história de Dana O’Hara. Foi visível também perceber a emoção do vocalista Kakko durante a execução da música. Indo adiante, “Blood” fora executada e logo após seu término, a banda se ausenta do palco por um curto intervalo de tempo enquanto uma breve intro surge nos PA’s, para logo em seguida retornarem e prosseguirem a performance com as faixas “I Have A Right”, a agitante “X Marks the Spot” e seus constantes diálogos e a balada “Love”.

Sonata Arctica - mar-2015 - RJ - por Allan Barata Delete-Layerweb_wm

Após aproximadamente uma hora de show, entre agitação constante e um breve diálogo de Kakko com o caloroso público carioca, é anunciada a faixa “San Sebastian” (tocada no show carioca do ano passado), seguida de “UnOpened” (que durante muito tempo ficou ausente dos setlists de shows) e da apresentação solo de cada um dos integrantes, encerrando o primeiro set com a aclamada “FullMoon”.

Alguns minutos se passam e depois do clamor do público, o quinteto retorna para o encore de “In My Land” e “Replica”, encerrando com “Don’t Say A Word”, o que deixou os presentes plenamente satisfeitos. Mesmo após os altos e baixos do último show ocorrido na cidade no ano passado, o Sonata Arctica pôde nos presentear com uma apresentação cheia de energia e garra que cativou o público por inteiro em aproximadamente 1h40m de show. Não houve quem se queixasse com relação ao desempenho do quinteto finlandes, foi simplesmente uma noite maravilhosa em uma sequência de sons extraordinários que dificilmente será perdida na memória. Agradecimentos a Rê Reis da assessoria do Circo Voador pelo credenciamento, assim como Eric de Haas da Dynamo pela produção da tour.
Set list completo:
1- The Wolves Die Young
2- 8th Commandment
3- Paid in Full
4- What Did You Do in the War, Dad?
5- Losing My Insanity
6- Black Sheep
7- Letter to Dana
8- Blood
9- I Have a Right
10- X Marks the Spot
11- Love
12- San Sebastian
13- UnOpened
14- FullMoon
Bis
15- My Land
16- Replica
17- Don’t Say a Word

(Visited 57 times, 1 visits today)
Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *