Monsters: KISS, Ozzy, Judas, Motörhead,Manowar

Monsters 2015 - Festival

Evento será realizado em dois dias na Arena Anhembi, 25 e 26 de abril, e terá 12 atrações.

Ingressos estarão à venda a partir do dia 19 de dezembro, sexta-feira, pelo site Ingresso Rápido.

De volta ao Brasil em 2015, o mais importante festival 100% de rock do mundo, o Monsters of Rock,ocupa a Arena Anhembi, em São Paulo, dias 25 e 26 de abril. Em sua sexta edição no país, o festival trará para o Brasil KISS, Ozzy Osbourne, Judas Priest, Motörhead, Manowar, Black Veil Brides, Rival Sons, Primal Fear, Accept, Unisonic, Yngwie Malmsteen e Steel Panther.

Realizado no Brasil em 1994, 95, 96, 98 e 2013, a versão nacional do Monsters, criado originalmente na Inglaterra, já reuniu um público de mais de 300.000 pessoas em suas versões anteriores e comemora esse ano 21 anos de sua primeira edição no país. Criado na Inglaterra em 1980, o festival  se consagrou por não fazer concessões: ao contrário de outros eventos do gênero realizados em todo o planeta, oMonsters só inclui em seu line-up bandas de hard rock e heavy metal.

Responsável pela realização do evento desde sua primeira edição, a Mercury Concerts promete uma experiência mais do que especial em 2015. Além do line-up, a Arena Anhembi receberá um palco monumental, preparado para se adequar aos mega shows de algumas das maiores bandas do mundo, e toda uma estrutura de diversão e interação que será montada no local para atender ao público presente.

Os ingressos para o festival estarão disponíveis a partir de 19 de dezembro de 2014, às 0h pelo link www.ingressorapido.com.br. Confira abaixo em “Serviço” as informações disponíveis sobre a venda de ingressos.

As atrações do Monsters of Rock 2015

KISS
Desde o estouro da banda no cenário musical na década de 70, o KISS criou uma nova experiência em cena, misturando rock de primeira com pirotecnia, iluminação e ambientação cênicas excepcionais e as indefectíveis maquiagens e figurinos que se transformaram em marcas registradas – tudo isso deu a eles a reputação de criar alguns dos melhores shows ao vivo da história da música mundial. Formada em Nova Iorque em 1973, a banda passou por algumas mudanças de formação, sendo Paul Stanley e Gene Simmons os dois integrantes da formação original. Em 83, com o álbum ‘Lick it Up’, o grupo surpreendeu os fãs ao retirar a maquiagem e os figurinos. No ano seguinte, o grupo ganha uma homenagem através do disco ‘Kiss My Ass: Classic Kiss Regrooved’, uma compilação de músicas do grupo gravadas por nomes como Lenny Kravitz, Stevie Wonder, Garth Brooks, Mighty Mighty, Lemonheads e Anthrax, entre outros. Em 1995 gravam o ‘Unplugged’ da MTV e um ano depois causaram comoção na platéia do Grammy ao surgirem novamente com seus respectivos figurinos e maquiagens e com a formação original. Dois meses depois anunciam uma grande turnê mundial. A expectativa em ver novamente os quatro membros originais do grupo fez com que os 40 mil ingressos do primeiro show se esgotassem apenas 47 minutos.

O Kiss já recebeu 28 discos de ouro e já vendeu mais de 100 milhões de álbuns em todo o mundo. Já realizou mais de 30 turnês internacionais, a última a “40 Year Tour”, de 2014. Desde 1974 lançou 20 álbuns de estúdio – o mais recente deles, “Monster”, de 2012, sete álbuns ao vivo, três álbuns de turnê, 11 coletâneas e 14 vídeos e DVDs. Em 78 lançaram também um Box contendo um disco solo de cada um dos integrantes, que atingiram o top 10 das paradas em vários países. Para atender ao inesgotável interesse dos fãs de todo o planeta, o grupo chegou a lançar uma biografia oficial, que conta sua história desde a formação do grupo até os bastidores dos shows.

Ozzy Osbourne RJ

Ozzy Osbourne
Um dos fundadores do célebre Black Sabbath em 1969, onde ficaria até 78, Ozzy iniciou sua carreira solo com o lançamento do álbum “Blizzard of Ozz”, até hoje considerado um dos mais importantes álbuns do rock mundial, com seus personalíssimos vocais. Em 94, ele ganhou um Grammy de melhor música e em 93 anunciou sua aposentadoria, voltando porém aos palcos em 95. Foi indicado mais duas vezes ao Grammy, em 2008 e 2011, e apenas nesse novo século ganhou alguns dos mais importantes prêmios da música, como o MTV Music Awards, o NME e o Prism, além de receber os títulos de “Imortal do Rock”, “Ícone da Música” e “Lenda Viva do Rock”.

Músico lendário, Ozzy idealizou o famoso OzzFest, que já revelou bandas como System of a Down e Korn, realizado por ele e sua mulher Sharon desde 1996. A partir de 2002, Osbourne atingiu um novo patamar de reconhecimento mundial, ao estrelar com a família o reality-show The Osbournes, lançado pela MTV e um enorme sucesso no mundo inteiro. Em carreira solo já lançou 11 álbuns de estúdio, cinco álbuns ao vivo e nove DVDs. Já vendeu mais de 90 milhões de cópias de seus discos em todo o mundo.

20140613-judaspriest-x600-1402671659 - by Peter Wafzig via getty images

Judas Priest
A banda britânica Judas Priest foi criada em meados de 1969, em Birmingham, Inglaterra, e é considerada por alguns críticos, ao lado do Black Sabbath, do Iron Maiden e do Motörhead como um das quatro principais bandas de Heavy Metal na história. Independente da crítica, o Judas é definitivamente um dos precursores do heavy metal moderno e um dos grupos mais influentes do metal desde os anos 70. Foi a primeira banda a unir o peso e a temática violenta criados pelo Black Sabbath à velocidade de alguns grupos de rock como o Deep Purple, adicionaram duas guitarras ao seu som e também foram os responsáveis pela retirada do blues característico de grupos de hard-rock britânico dos anos 70. Foram também precursores da adoção das roupas de couro com adereços de metal cromados e correntes advindos do punk rock, criando o figurino oficial do hard rock que vigora até hoje.

O primeiro disco da banda, “Rocka Rolla”, foi lançado em 1974. Das primeiras formações da banda ainda permanecem no grupo o vocalista Rob Halford, o guitarrista Glenn Tipton e o baixista Ian Hill. Em 45 anos de carreira lançaram 19 álbuns de estúdio, o mais recente, “Redeemer of Souls” em 2014, tendo vendido mais de 50 milhões de discos em todo o mundo. Em 2010  a banda ganhou o Grammy para “Melhor Performance de Metal” por “Dissident Aggressor”.

Motörhead
Formada em 1975 na Inglaterra, a banda Motörhead é considerada uma das maiores do heavy metal no mundo, ao lado de Black Sabbath, Judas Priest e Iron Maiden. Prestes a completar no próximo ano 40 anos de carreira, já lançou 21 álbuns de estúdio e vendeu mais de 30 milhões de cópias. Seu mais recente CD é “Aftershock”, de 2013. Considerada uma das bandas de mais peso e velocidade no cenário do metal, o Motörhead é um dos grupos que mais influenciou outras bandas de diferentes vertentes como o heavy, o thrash metal e o punk rock.

O baixista Lemmy Kilmister, até hoje no grupo, começou na música na década de 1960, como roadie da banda de Jimi Hendrix, e foi o criador do Mötorhead, que inicialmente se chamava Bastards. Depois de dois álbuns, conquistaram o sucesso junto ao público em 79, com “Bomber”. Em 1992 lançaram “March ör Die”, seu maior sucesso comercial, com participação do guitarrista Slash (Guns N’ Roses) em diversas canções e uma parceria com Ozzy Osbourne na canção “Hellraiser” (também lançada por Ozzy no álbum No More Tears). Em 2005 o Motörhead ganhou o Grammy na categoria Melhor Performance de Metal.

Manowar
Conhecida pelas letras de canções que falam de fantasias e mitologia nórdica, a banda norte-americana Manowar é também famosa por seu som muito alto: em 1984 a banda foi incluída no Guinness Book of World Records, por fazerem, ao vivo, o som mais alto já registrado em um show, um recorde que eles próprios já bateram por duas ocasiões. Também têm o recorde pelo espetáculo mais longo do heavy metal, depois de terem tocado durante cinco horas e um minuto na Bulgária em 2008. Compuseram também uma das mais longas músicas do gênero: no disco “The Triumph of Steel”, de 82, aparece “Achilles: Agony and Ecstasy in Eight Parts” , baseada na obra “A Ilíada” de Homero, que, com 28 minutos de duração, tornou-se um clássico do grupo. Com 35 anos de estrada, a banda, formada em Nova Iorque,  é adepta do metal grande e épico, encharcado com guitarras, coros e orquestras, e ficou famosa ainda pelo slogan “Morte ao falso metal falso”.

Com uma carreira que inclui 13 álbuns de estúdio e mais de nove milhões de cópias vendidas em todo o mundo, a banda tem mais que fãs – são seguidores. É extremamente popular na cena heavy metal da Europa, Japão, Austrália, América do Sul Estados Unidos. Em 2003, o baixista, guitarrista e tecladista Joey DeMaio fundou sua própria gravadora, a Magic Circle Music, que veio a se tornar o lar oficial da banda, sendo criada para preencher as necessidades do Manowar e de outras bandas similares do gênero. Em 2014 a banda lançou seu mais recente álbum, “Kings of Metal MMXIV”.

Rival Sons
A banda composta por Jay Buchanan (Vocal), Scott Holiday (Guitarra), Robin Everhart (Baixo) e Michael Miley (Bateria) foi formada na Califórnia em 2008. Seu primeiro disco foi lançado em 2009, e a escolha da canção “Tell Me Something” como tema das 500 Milhas de Indianápolis logo fez com que a banda estourasse. Em 2010 excursionaram com Alice Cooper e em 2011 viajaram com o Judas Priest, além de abrirem um show para o AC/DC, televisionado para todos os estados americanos e alguns países do mundo. A Banda já atingiu a 19ª posição na parada rock da Billboard. Em 2011 ganharam o prêmio Breakthrough Artist of the Year, do iTunes e já lançaram quatro álbuns de estúdio, o mais recente deles “Great Western Valkyrie”, em 2014.

Unisonic
O Unisonic é um grupo alemão especializado no gênero conhecido como speed/power metal. No mundo do rock é considerado um supergrupo por reunir, na mesma formação, Michael Kiske, ex-vocalista do Helloween, Kai Hansen, ex-vocalista e guitarrista também do Helloween e guitarrista e vocalista do Gamma Ray, o baixista Dennis Ward e o baterista Kosta Zafiriou  do Pink Cream 69, e o guitarrista Mandy Meyer, ex Gotthard. Em 2012  lançaram seu primeiro EP intitulado de “Ignition” e, no mesmo ano, “Unisonic”, seu álbum de estreia, que esteve no topo das paradas de vários países como a Finlândia, Japão, Alemanha e Suécia. O segundo álbum da banda, “Light of Dawn”, foi lançado em 2014. A banda realizou sua primeira turnê mundial em maio de 2012, tocando em diversos festivais de música europeus, como o Rock Hard Festival, Gods of Metal, Hellfest, Masters of Rock, entre outros.

Steel Panther
O Steel Panther é uma banda de glam-metal de Los Angeles, Califórnia, conhecida por suas letras bem-humoradas. Formada em 2000, a banda começou a ganhar popularidade no Sunset Strip, no início do novo milênio, sob o nome Oficina de Metal (em breve transformada em Metal Skool, e depois em Steel Panther). É composta pelo vocalista Ralph Saenz (“Michael Starr”), o baterista Darren Leader (“Stix Zadinia”), o baixista Travis Haley (“Lexxi Foxxx”) e o guitarrista Russ Parrish (“Satchel”). Suas perucas enormes, jaquetas de couro, calças spandex de zebra, costeletas herdadas de uma banda tributo ao Van Halen aliadas a suas letras extremamente chauvinistas e a seu lado cômico logo a transformaram em um enorme sucesso, lotando shows pelo mundo a fora. Desde sua formação já lançaram quatro álbuns de estúdio, uma compilação e um DVD.

Black Veil Brides
O Black Veil Brides (ou BVB) é uma banda de rock formada em 2006 em Hollywood, Califórnia, pelo vocalista Andy Biersack. Seu álbum de estreia, “We Stitch These Wounds” foi lançado em junho de 2010,  porém, antes de seu lançamento, já havia alcançado uma grande divulgação pela internet, fazendo com que em pouco tempo a banda já estivesse na relação dos 10 artistas de metal mais tocados no Myspace. O segundo álbum da banda, “Set the World on Fire”, foi lançado em junho de 2011 e apresenta forte influência do glam metal e do hard rock. A banda lançou ainda três EP’s – “Sex and Hollywood”, “Never Give In” e “Rebels EP” –  e mais um álbum de estúdio, em 2013, intitulado “Wretched and Divine: The Story of the Wild Ones”. Também lançou um single chamado “Unbroken”, que entrou na trilha sonora do filme “The Avengers”. O Black Veil Brides tem forte inspiração no Kiss e Mötley Crüe, além de outras bandas de glam metal da década de 1980.

Yngwie Malmsteen
Conhecido por sua incrível velocidade e virtuosismo, o guitarrista sueco Yngwie Malmsteen começou a aprender música aos 5 anos de idade, tendo aulas de piano, trompete, violão e se dedicando aos grandes compositores clássicos. Durante este aprendizado descobriu possuir o chamado “ouvido absoluto”, um dom de nascença raro que é a capacidade de distinguir notas musicais sem qualquer referencia, seja qual for a fonte. Em 1983  mudou-se para os EUA, para se dedicar ao rock e participou de algumas bandas antes de iniciar uma carreira solo. Seu primeiro álbum, “Rising Force”, em 84, entrou direto para a parada da Billboard e ganhou uma indicação para o Grammy.  Já “Trilogy”, de 86, é conhecido por inaugurar o que seria conhecido como “metal moderno”.  Em 2003 se juntou a Joe Satriani e Steve Vai, para um show e DVD. Ao todo sua carreira inclui 18 álbuns de estúdio. Entre os álbuns “ao vivo” está  “Yngwie Malmsteen LIVE!!”, gravado em São Paulo durante a turnê de “Facing The Animal”.

Primal Fear
Formada na Alemanha em 1997, o Primal Fear, expoente do gênero chamado de Power metal, mantém até hoje seus idealizadores e principais membros: o baixista Mat Sinner e o vocalista  Ralf Scheepers. Aclamada como um dos ícones do heavy metal mundial, a banda lançou seu primeiro ábum 1998, o homônimo “Primal Fear”, que chegou às lojas em 98 e causou enorme impacto nos fãs do gênero em todo o mundo, fazendo com que a banda fosse comparada ao Judas Priest. Com uma carreira que inclui 10 álbuns de estúdio (“Delivering The Black”, de 2014, é o mais recente), um álbum ao vivo, uma coletânea e um DVD, o Primal Fear já participou de vários festivais famosos, como o “Wacken Open Air”, na Alemanha. Desde o lançamento do último álbum, no ano passado, a banda está em turnê pelo mundo, chegando agora ao Brasil. Atualmente, o baterista oficial da banda é o brasileiro Aquiles Priester.

Accept
Considerada uma das precursoras do speed metal e do Power metal na Europa, a banda alemã Accept foi formada em 1968, ainda com o nome de Band X, pelo vocalista Udo Dirkschneider. Depois de algumas breves experiências musicais, ele montou o grupo, que em 1976 passaria a adotar o nome Accept. O primeiro álbum seria lançado em 79, chamando a atenção para o vocal arranhado de Udo, mas foi só em 81, já famosos em toda a Alemanha, que o grupo se profissionaliza, lançando no ano seguinte “Restless and Wild”, até hoje reconhecido como um importante disco na história do heavy metal. Em 86, motivado por divergências internas, Udo chegou a deixar o grupo, retornando em 92. Em 96 o grupo se dissolve, mas volta a se reunir novamente em 2004. Ao todo, o grupo já lançou 14 álbuns de estúdio, o mais recente deles “Blind Rage”, de 2014.

Monsters-of-Rock-2015-insta

Monsters of Rock: o mais aclamado festival de rock do mundo
Monsters of Rock foi criado em 1980 pelo promotor Paul Loasby que, juntamente com Maurice Jones, queria um festival apenas com bandas de hard rock e heavy metal. O local escolhido foi  uma pista de corrida em Donington Park, localizada ao lado da aldeia de Castle Donington, em Leicestershire, Inglaterra. O local era desconhecido, mas a facilidade de transportes de todas as partes do país e o nível do solo inclinado, que permitia uma ótima visualização para o público em todo o local, influenciaram em sua escolha.

line up dos primeiros anos do Monsters consistia em uma mistura de bandas britânicas e internacionais  e o sucesso foi nstantâneo, com um público de 35 mil fãs presentes. Concebido como um evento único, já no primeiro ano nasceu a ideia de transformar o festival em uma atração anual. Ao longo dos anos, os números do público continuaram a crescer, chegando a 107 mil pessoas em 1988, quando dois fãs morreram durante um show do Guns ‘n Roses – logo após o começo do show, houve uma precipitação de público em direção ao palco. Inicialmente, a culpa foi atribuída ao tamanho da multidão, mas depois chegou-se à conclusão de que o clima úmido, chuvas e muita lama, em um terreno inclinado, favoreceram o incidente.  Em consequência disso, o festival foi cancelado no ano seguinte, retornando em 1990 com uma limitação de público de 75 mil pessoas.

O festival continuou como o principal evento de hard rock na Grã-Bretanha na década de 90, mas teve um segundo cancelamento, em 1993, devido à incapacidade de se encontrar um forte headliner para a edição daquele ano. Em 1995, o festival se viu em uma situação semelhante, e teve que fazer um acordo com o Metallica, que pediu controle sobre o evento, ganhando o nome de “Escape from the Studio”. Em 1996, Ozzy Osbourne e Kiss encabeçaram o line up e embora na época se anunciassem planos para estender o festival em um evento de dois dias, a partir de 1997 o Monsters não voltou a acontecer. Em 2006, o festival foi revivido na Inglaterra em edição única, tendo o Deep Purple como headliner e Alice Cooper como convidado especial. Até hoje, a única banda a encabeçar o festival mais de duas vezes foi o AC / DC, em três ocasiões: 1981, 1984, 1991.

O sucesso do Monsters foi tanto que a partir de 1983 o festival começou a ganhar versões internacionais – Alemanha, Suécia, Italia, Eua, Holanda, Espanha, França, Hungria, Belgica, Áustria, Polonia, Russia, Brasil, Chile e Argentina.

No Brasil, o Monsters teve sua primeira edição realizada no dia 27 de agosto de 1994, no Pacaembu, tendo como atrações Kiss, Slayer, Black Sabbath, Suicidal Tendencies, Viper, Raimundos, Angra e Dr. Sin. A segunda edição, também realizada no Pacaembu, em 2 de setembro de 1995, trouxe como atrações Ozzy Osbourne, Alice Cooper, Faith No More, Megadeth, Therapy, Paradise Lost, Virna Lisi, Clawfinger e Rata Blanca.

O Pacaembu foi novamente palco do festival em 24 de agosto de 1996, quando tocaram o Iron Maiden, Skid Row, Motörhead, Biohazard, Raimundos, Helloween, King Diamond, Mercyful Fate e Héroes del Silencio. Em 1998, no dia 26 de setembro, na Pista de Atletismo do Ibirapuera, aconteceu a quarta edição do festival no país, tendo nos palcos a presença das bandas Slayer, Megadeth, Manowar, Dream Theater, Saxon, Savatage, Glenn Hughes, Korzus e Dorsal Atlântica.

Em 2013 aconteceu a quinta edição brasileira do Monsters of Rock, na Arena Anhembi, nos dias 19 e 20 de outubro, com dois dias de apresentações e dois palcos, e a presença das bandas Aerosmith, Whitesnake, Slipknot, Korn, Limp Bizkit, Killswitch Engage, Hatebreed, Gojira, Ratt, Buckcherry e Queensrÿche.

Serviço
Data:
 25 e 26 de abril, sexta e sábado
Abertura dos Portões: 10h
Hora: 13h (primeiro show)
Local: Arena Anhembi (Avenida Olavo Fontoura, 1209 – Santana – São Paulo)

Classificação Etária: Menores de 16 anos poderão entrar no eventos acompanhados do pais ou dos responsáveis legais*.
* Sujeito a alteração judicial

Line up:

Sábado – 25/04/2015: Ozzy Osbourne, Judas Priest, Motorhead, Black Veil Brides, Rival Sons, Primal Fear

Domingo –26/04/2015: Kiss, Judas Priest, Manowar, Accept, Unisonic, Yngwie Malmsteen, Steel Panther

Realização: Mercury Concerts

Ingressos:
Monsters Pass
 (Passaporte válido para os dois dias do festival) – INGRESSOS LIMITADOS
Inteira – R$ 620,00 (1o Lote)
Meia Entrada – R$ 310,00 (1o Lote)

Ingresso válido para apenas um dia do festival
Inteira – R$ 350,00 (1o Lote)
Meia entrada – R$ 175,00 (1o Lote)

Compra dos Ingressos:
Ingresso Rápido:
 19/12/2014, às 0:00 horas
Telefone: 19/12/2014, às 09:00 horas
Ingresso Rápido: 4003-1212 de Segunda a Sexta das 9:00 às 22:00, e Sábado, Domingos e Feriados das 12:00 às 18:00.

Pontos de Venda: 19/12/2014 – Verificar os horários de funcionamento dos pontos de venda no endereço:http://www.ingressorapido.com.br/PontosVenda.aspx

Ponto de Venda Sem Taxa de Conveniência:
Teatro Tuca
Rua Monte Alegre, 1.024 – Perdizes – ZONA OESTE – São Paulo /SP
Horário de Atendimento: Terça a Sábado das 14:00 às 19:00 / Domingo das 14:00 às 18:00
Formas de Pagamento: Amex, Aura, Diners, Dinheiro, Hipercard, Mastercard, Redeshop, Visa e Visa Electron.

Mais informações: 4003-1212.

(Visited 48 times, 1 visits today)