Dave Evans – 19-09-2014 – Pinhais (Millenium Disco Club)

Dave Evans - Pinhais set-2014 - por Clovis Roman dave01

Texto e fotos por Clovis Roman – Edição por André Luiz

O primeiro vocalista do AC/DC não foi Bon Scott. A honra em questão cabe à Dave Evans, que gravou um single com a banda antes de deixá-la, no caso, “Can I Sit Next To You, Girl”. Depois, ele passou por algumas bandas nas décadas seguintes, mas ficou bastante tempo afastado do cenário musical. Nos anos 2000, ele voltou com tudo, gravou dois ótimos álbuns solo e está trabalhando em vários novos materiais. E pela primeira vez, Evans veio ao Brasil, país que ele me contou ter o surpreendido. Positivamente.

A estréia do estiloso Evans nos palcos brasileiros aconteceu em Curitiba. Na verdade, foi em Pinhais, cidade da região metropolitana da capital paranaense.  A Millenium Disco Club abriu suas portas ao Rock And Roll nas sextas já há algum tempo, e pela primeira vez, recebeu uma atração internacional. Infelizmente, seguindo a programação padrão da casa (Rock a madrugada toda), o show de Evans demorou séculos para começar. Aliás, tanto que nem cheguei a ficar até o fim do show do cara, que estava sensacional.

Eram quase 2h da madrugada (e sem banda de abertura) quando o cantor e seus “badasses” subiram ao palco, abrindo de cara com as duas canções que ele gravou com o AC/DC: “Can I Sit Next To You, Girl” e “Rockin’ in the Parlour”. Na sequência, o cara começou a mandar canções de sua excelente carreira solo, contando com uma ou outra do “AC” no meio. Do detonante Sinner, vieram cinco petardos, como a que abre o álbum, “Back On The Firing Line”, e “Take Me Down Again”, além da faixa título. Já de Judgement Day, infelizmente, apenas “We Don’t Dance to Your Song” e a excelente releitura para “House Of The Rising Sun” (aquela preciosidade eternizada pelo The Animals) se fizeram presentes. Ele ainda colocou no set uma canção do Rabbit, banda em que cantou ainda nos anos 70: trata-se de “Too Much Rock ‘n’ Roll”, e ainda uma música mais recente, vinda do disco Nothing To Prove, lançado no começo deste ano, chamada “Put Up or Shut Up”.

Mas você está afim de saber o que mais teve de AC/DC, certo? Então, no meio do repertório, tivemos sons dos primórdios da banda, como “Rock ‘n’ Roll Singer” (que já existia quando Evans era integrante) e “It’s a Long Way to the Top (If You Wanna Rock ‘n’ Roll)”. E a partir de “Baby Please Don’t Go” (não é do AC, mas é como se fosse), seguiram apenas os grandes clássicos dos australianos no final (que eu não vi, pois já era muito tarde) com “T.N.T.”, “Highway To Hell”, “Let There Be Rock” e “Whola Lotta Rosie”.

O resultado final foi uma celebração do Rock And Roll aos fãs casuais do estilo, que curtiram demais os sons do AC/DC. Agora, quem conhece e curte a carreira do cara como um todo, achou ainda melhor. Ao entrevistá-lo alguns dias mais tarde, ele me contou que gostaria de voltar ao Brasil todos os anos a partir de agora. Estamos aguardando ansiosamente.

SETLIST:
Can I Sit Next to You Girl
Rockin’ in the Parlour (AC/DC)
Back on the Firing Line
Take Me Down Again
Only the Good Die Young
Rock ‘n’ Roll Singer (AC/DC)
It’s a Long Way to the Top (If You Wanna Rock ‘n’ Roll) (AC/DC)
Sinner
House Of The Rising Sun (The Animals)
We Don’t Dance to Your Song
Put Up or Shut Up
Sold My Soul to Rock ‘n’ Roll
Too Much Rock ‘n’ Roll (Rabbit)
Baby, Please Don’t Go (AC/DC)
T.N.T.  (AC/DC)
Highway to Hell (AC/DC)Let There Be Rock  (AC/DC)
Whole Lotta Rosie  (AC/DC)

Vídeos:
Dave Evans – Take Me Down Again (Curitiba, Brazil)

Dave Evans – Rock ‘n’ Roll Singer – AC/DC (Curitiba, Brazil)

(Visited 115 times, 1 visits today)