Stryper – 17-02-2013 – São Paulo (Carioca Club)

Por Clovis Roman

Fotos: Costábile Salzano Jr.

Stryper Sao Paulo 3O ano de 2013 promete ser especial, pois já começou com vários nomes passando pelo país, como o ex-vocalista do Iron Maiden, Blaze Bayley, Antestor, Suicidal Angels e Destruction apenas no primeiro mês. E agora, outra grande atração a passar por aqui foi o Stryper, em apresentação única para um lotadíssimo Carioca Club. Com apenas 15 minutos de atraso, o show marcado para as 20h foi aberto com “To Hell With The Devil”, que teve ótima recepção dos presentes. Mesmo sendo uma banda cristã, o quarteto reuniu público de todos os gêneros, idades e crenças. Com um setlist que foi, basicamente, uma coletânea de sucessos, o Stryper mostrou o motivo de serem uma das mais conceituadas bandas de Hard Rock no mundo. Eles deixaram de lado os últimos trabalhos de estúdio, e focaram no material clássico da década de 80 (mesmo tendo ignorado completamente In God We Trust, de 1988). Um bom exemplo foi o material retirado do maior sucesso comercial do grupo, To Hell With The Devil; deste disco, desconsiderando a intro “Abyss”, 7 das 10 canções que o compõe foram tocadas. E sempre com boa parte do público cantando a plenos pulmões. Um dos grandes destaques, foi, sem dúvida, “Soldiers Under Command”, que foi precedida pelo público cantando sua melodia, deixando o vocalista e guitarrista Michael Sweet realmente surpreso. O cantor mostrou que sua voz ainda é marcante, porém deu uma segurada nos vocais mais agudos. Em boa parte do setlist, era possível notar claramente o uso de samplers – o que não tira o brilho do espetáculo.

Stryper Sao Paulo 12

O último registro da banda é The Covering, onde fizeram releituras de grandes nomes do Hard e Heavy – destas, 3 foram apresentadas: “Breaking The Law”, do Judas Priest; “Shout It Out Loud”, do Kiss e “Heaven And Hell”, do Black Sabbath. Para pouco menos de 1 hora e meia, foi bastante, considerando o excelente catálogo que possuem. Após 14 músicas, eles dão uma rápida saída, mas logo Michael volta ao palco e canta, sozinho, a belíssima balada “Honestly”. Em seguida, seu irmão, Robert Sweet (bateria), Oz Fox (guitarra) e o recém reintegrado ao grupo Tim Gaines (baixo) retornam para a derradeira “The Way” – mesmo que os presentes tenham pedido insistentemente “In God We Trust”, não foram atendidos.

Stryper Sao Paulo 10

Setlist:

To Hell with the Devil (To Hell With The Devil)
Sing-Along Song (To Hell With The Devil)
Loud ‘n’ Clear (The Yellow And Black Attack)
Reach Out (Soldiers Under Command)
Calling on You (To Hell With The Devil)
Free (To Hell With The Devil)
More Than a Man (To Hell With The Devil)
Surrender (Soldiers Under Command)
The Rock That Makes Me Roll (Soldiers Under Command)
Breaking the Law (cover do Judas Priest)
Shout It Out Loud (cover do KISS)
All for One (Against The Law)
Heaven and Hell (cover do Black Sabbath)
Soldiers Under Command (Soldiers Under Command)

Honestly (To Hell With The Devil)
The Way (To Hell With The Devil)

Confira galeria de fotos do show:

 

(Visited 35 times, 1 visits today)