L.A. Guns – 08-08-2012 – Oslo – Noruega (Gamla Bar)

Texto e fotos por Juliana Lorencini

Apesar de pequena, Oslo, que também conhecida como a cidade mais cara do mundo, recebe diversos shows todos os meses. A Noruega é um país de apenas 5 milhões de habitantes, porém respira música, e costuma durante o verão realizar festivais dos mais variados estilos musicais. Além de receber shows de diversos artistas.

No dia 08 de agosto, foi a vez da banda norte-americana L.A.Guns passar pela capital do país, trazendo a “L.A. Guns 25th Anniversary Tour”, onde promovem seu mais recente trabalho “Hollywood Forever”.

O L.A. Guns há algum tempo se dividiu em duas bandas, uma delas liderada por Tracii Guns, e outra sob o comando do vocalista Phil Lewis. A banda que no início de sua carreira contou com Axl Rose nos vocais, hoje traz uma formação bem diferente daquela primeira que tanto repercutiu. Atualmente o L.A.Guns é composto por Phil Lewis (vocal), Steve Riley (bateria), Stacey Blades (guitarra) e Scotty Griffin (baixo). E foi essa segunda, digamos, versão do L.A. Guns que eu fui conferir em Oslo, no Gamla Bar.

Uma das primeiras coisas que reparei quando cheguei ao bar, é que para os padrões de um show de Hard Rock, o público presente era muito mais velho do que o esperado. Curiosa, comentei com um amigo que explicou que na Noruega a faixa etária permitida em shows naquele tipo de local era de acima de 20 anos. Isso porque no local são comercializados diversos tipos de bebidas alcoólicas e somente maiores de 20 anos podem comprá-las. A Noruega tem diversas restrições quanto ao consumo de bebidas alcoólicas por jovens, umas delas – e bem curiosa – é que nos supermercados apenas cervejas são vendidas. Vinho, vodka, entre outros são achados apenas em adegas.

Do lado de fora, alguns fãs, mesmo na companhia dos pais tentavam entrar. Porém lá, não há negociação, e os seguranças não te deixam se quer chegar próximo a bilheteria.

Às 21h, subiu ao palco o NiteRain, a banda norueguesa tem sido a responsável por abrir grande parte dos shows do L.A. Guns no leste europeu e em Oslo não poderia ser diferente. Caracterizados no melhor estilo glam, Addy (guitarra), Dafs (baixo e backing vocals), Baz (vocal) e Mortimer (bateria) estavam animados, e conseguiram de alguma forma empolgar o público presente.

Com letras não tão bem elaboradas, e muitos erros técnicos, o NiteRain ainda tem muito a aprender, principalmente no que diz respeito a sua performace ao vivo. Os vocais de Baz em muitos momentos não alcançam as notas tão altas que o vocalista se propõe a cantar. Mas acredito eu, que excursionar com músicos experientes como os do L.A. Guns será de grande proveito para a banda e trará bons resultados num futuro próximo.

Chega então a hora dos veteranos do L.A. Guns mostrarem a que vieram. É impossível olhar para Phil, Steve, Stacey e Scotty trajados daquela forma e não se sentir nos anos 80 quase que imediatamente. Arrisco-me até a dizer que o lake foi mantido da mesma forma.

Super carismáticos os músicos cumprimentam o público e conversam brevemente, antes de tocar a primeira música da noite “Show No Mercy”. Outras ainda viriam na seqüência como “Sex Action”, “Never Enough” e “Over The Edge”.

De uma forma divertida, Phil Lewis anuncia que as próximas duas canções fazem parte do novo álbum da banda “Hollywood Forever” e que diz que enquanto muitas bandas preferem viver de glórias passadas, eles preferiam seguir a diante e compor novas canções. O vocalista ainda diz o quão orgulhoso está do novo trabalho e que se sente muito feliz em tocar algumas das novas músicas ao vivo.

É impossível não rir com Phil. Entre as caras e bocas que o vocalista faz, ainda sobra tempo para se divertir com algumas de suas piadas. Ou ainda quando ele pede para que os fãs fiquem quietos enquanto ele fala, direcionando seu comentário a cada um deles. E o mesmo acontece quando ele apresenta a banda. Sem demonstrar nenhum sinal de cansaço Phil e Cia seguem o show no mesmo ritmo em que começaram, sem pausas, nem que seja para beber uma cerveja.

Em resumo o L.A. Guns funciona como todas aquelas bandas boas dos anos 80, juntam talento (que ainda tem de sobra), experiência e carisma numa coisa só. Além de manter o visual intacto. Infelizmente já não tocam para o mesmo público numeroso como faziam no passado, mas esse não é um privilégio exclusivo da banda.

Setlist L.A. Guns

Show No Mercy
Sex Action
Never Enough
Over the Edge
I Wanna Be Your Man
You Better Not Love Me
Sweet Mystery
Revolution
Hollywood’s Burning
Sleazy Come Easy Go
Guitar & Drum Jam
Ballad of Jayne
Rip N’ Tear

Special thanks to Jon Von Enger from Live Wire Booking & Management.

 

(Visited 9 times, 1 visits today)