Edu Falaschi – 04-05-2019 – São Paulo (Tom Brasil)

Texto por Evanil Jr. – Fotos por Júlio Szoke – Edição por André Luiz

Exatamente 15 anos atrás, o Angra lançava um novo álbum que impactaria o metal melódico nacional: ‘Temple Of Shadows’. Orquestrado, com várias grandes participações, músicas de impacto, agradando os fãs da banda por completo. Porém, faltava algo desde seu lançamento. Um show orquestrado, com todos os elementos que compuseram o ‘Temple Of Shadows’: não falta mais. E ainda por cima, será acompanhado de um DVD gravado na noite de sábado, 04, no Tom Brasil pelo grande Edu Falaschi.

Acompanhando o vocalista, a banda composta por Roberto Barros (guitarra), Diogo Mafra (guitarra), Raphael Dafras (baixo), Fabio Laguna (teclados) e Aquiles Priester (bateria) trouxeram para esta nova tour elementos eruditos e o ‘Temple Of Shadows’ na íntegra. O show em São Paulo contou com o maestro João Carlos Martins e a orquestra Bachiana Jovem, dando um tom totalmente diferente ao show, levando as 4200 pessoas presentes no Tom Brasil à loucura.

O cartão de visitas da noite foi dado pela orquestra que, sob o comando do maestro, executou a 5ª Sinfonia de Beethoven, demonstrando o quão memorável seria a noite. Logo em seguida, executaram a faixa que fecha o CD, “Gate XIII”, a qual apesar de ser a última faixa, ao vivo ela foi ótima para colocar o público na atmosfera do álbum. Surgiu a introdução “Deus le Volt” e com “Spread Your Fire”, Edu Falaschi entrou no palco, trazendo consigo uma ótima energia, alto astral e voz impecável.

O álbum seria executado em sua ordem, trazendo após “Angels And Demons”, “Wating Silence”, já durante a execução de “Wishing Well” o público estava ansioso para que as demais participações especiais da noite se iniciassem… E elas começariam na música seguinte, “Temple Of Hate”, na qual Edu chamou ao palco Kai Hansen (Helloween, Gamma Ray), levando alguns presentes as lágrimas. A próxima convidada também esteve presente na gravação do álbum em 2004: Falaschi convidou ao palco Sabine Edelsbacher (Edenbridge) para sua parte na música “No Pain For The Dead”.

As participações especiais não paravam por ali. Logo em seguida, Edu contou uma história de quando se apresentou no Peru e recebeu um conselho de um grande vocalista para que ele continuasse a cantar as músicas do seu tempo de Angra, pois aquilo era a histórias dos fãs, não apenas de uma banda. E aquele músico seria apresentado, no palco: Michael Vescera foi chamado para cantar junto a música “Winds Of Destination”. Para a faixa “Sprouts Of Time”, o convidado foi o grande pianista Brasileiro Thiago Mineiro.

Após “Morning Star”, João Carlos Martins se despediu do público – dada a sua idade avançada – e muito feliz, chamou Edu de “lenda” antes de deixar o palco e um outro excelente maestro dar continuidade à noite. Como último convidado e também para encerrar o ‘Temple Of Shadows’, Edu convidou o cantor brasileiro Guilherme Arantes para executarem a canção “Late Redemption” – mas apesar de ser a última faixa do CD, não acabava ali o show. Após o encerramento do ‘ToS’, Guilherme Arantes continuou no palco para um poutpurri de suas principais canções, cantado por todo o público. Com o retorno de Edu ao palco, eles cantaram juntos o clássico de Guilherme Arantes “Planeta Água”, muito bem recebido pelos presentes.

Dando sequência à noite, quem assumiu a ponta do palco foi Roberto Barros, se mostrando um guitarrista bastante técnico e de uma qualidade gigantesca, com a execução ao lado da orquestra de “Vivaldi Metal”. Antes de continuar chamando os músicos ilustres os quais abrilhantaram aquela noite, Edu executou suas duas últimas músicas lançadas, “Streets Of Florence” e “The Glory Of Sacred Truth”.

Kai Hansen retornou ao palco para “Rebellion In Dreamland” do Gamma Ray, durante a qual Falaschi e todo o público cantaram juntos. Michael Vescera surgiu para executar um dos clássicos de seu tempo com Malmsteen, a música “Seventh Sign”. Edu agradeceu a todos, desabafou sobre boatos da internet, apresentou sua banda e por fim, foi apresentado por Aquiles Priester carinhosamente sendo chamado de “alemão” pelo baterista. Com “Rebirth” e “In Excelsius / Nova Era”, o show de praticamente três horas de duração terminava.

Dificilmente sentiu-se o tempo passar durante este período de concerto, o público embarcou em uma atmosfera fantástica criada para o show formada por orquestração, músicos de qualidade, participações especiais marcantes e um repertório dos mais atrativos. O DVD gravado será tratado pela Foggy Filmes nos próximos filmes e ainda não há previsão de lançamento, apenas a ansiedade dos presentes por possuir o material em meio ao clima nostálgico vivenciado na noite de sábado, 04 de maio, na casa de shows paulistana. Agradecimentos à TRM Press, assessoria de imprensa do Tom Brasil e Foggy Filmes.

Set List Edu Falaschi:
5ª Sinfonia de Beethoven
Gate XVIII
Deus Le Volt / Spread Your Fire
Angels And Demons
Waiting Silence
Wishing Well
Temple Of Hate (com Kai Hansen)
The Shadow Hunter
No Pain For The Dead (com Sabine Edelsbacher)
Winds Of Destination (com Michael Vescera)
Sprouts Of Time (com Thiago Mineiro)
Morning Star
Late Redemption (com Guilherme Arantes)
Poutpurri Guilherme Arantes
Planeta Água (com Guilherme Arantes)
Vivaldi Metal (com Roberto Barros)
Streets Of Florence (Edu Falaschi solo)
The Glory Of Sacred Truth (Edu Falaschi solo)
Rebellion In Dreamland (Gamma Ray, com Kai Hansen)
Seventh Sign (Malmsteen, com Michael Vescera)
Rebirth
In Excelsius / Nova Era

(Visited 128 times, 4 visits today)