Pussy Riot – 20-04-2019 – São Paulo (Fabrique Club)

Fotos por Júlio Szoke – Edição por André Luiz

A casa de shows paulistana Fabrique Club recebeu o Festival Garotas à Frente no sábado, 20. Celebrando a participação ativa das mulheres na sociedade, o evento trouxe ao público presente exposição, workshop e logicamente, atrações musicais, com destaque para o coletivo russo Pussy Riot.

A começar da exposição de obras da oficina de stencil e lambe do Girls Rock Camp Brasil, um acampamento de férias musical para meninas de 7 a 17 anos, de Sorocaba, sob as orientações de Mathiza e Simone Siss. Outra exposição presente no festival contou com ilustrações, lambes, tirinhas e grafites dos artistas Atóxico / Renata Nolasco, Solar Shana Precária, Jane Herkenhoff e o coletivo Guerrilla Girls.

O festival traz o nome do livro lançado pela Powerline, “Garotas à Frente: Como realmente aconteceu a revolução Riot Grrl”, tradução do “Girls To The Front” de Sara Marcus o qual conta a cena “riot girl” americana encabeçada pelo Bikini Kill. No evento, também ocorreu o lançamento do livro “Read And Riot” de Nadya Tolokonnikova, umas das fundadoras do Pussy Riot e também presente no festival comandando a atração musical principal no Fabrique Club.

Sobre as atrações musicais, as russas do Pussy Riot misturam em sua apresentação arte e letras anti-Pútin/indústria farmacêutica, a favor da liberdade de decisões sobre o próprio corpo, entre outros temas, cantadas sobre bases sampleadas de músicas punk – com forte inspiração na já citada Bikini Kill. O show de abertura ficou por conta da banda paulistana Sapataria, da mesma forma que o palco ainda recebeu as participações de Bloody Mary Una Chica Band e Ingrid Martins.

Confira álbum completo com imagens exclusivas do festival (agradecimentos à Tedesco Comunicação e Powerline).

(Visited 87 times, 1 visits today)