Heaviest e Rexor – 30-04-2016 – São Paulo (Gillans Inn)

Heaviest - abr-2016 - SP - por André Luiz IITexto por André Luiz – Fotos por André Luiz & Kiko Louco TRM Press – Edição André Luiz

Sábado, noite fria em São Paulo, mas com clima oposto no interior do Gillan’s Inn. O local recebeu grande público para prestigiar as apresentações das bandas paulistas Heaviest e Rexor, promovendo seus mais recentes trabalhos de estúdio, respectivamente ‘Nowhere’ e ‘Powered Heart’. O clima na casa de shows era o melhor possível, da interação de Mario Pastore com os presentes até a distribuição de copos personalizados da Heaviest – para serem erguidos ao final do show durante a foto tradicional com público ao fundo, conforme orientação de membro da equipe da banda.

Com início programado para às 23h, eis que 45 minutos após o programado Mario Pastore (vocal), Guto Mantesso e Marcio Eidt (guitarras), Renato Dias (baixo) e Vitor Montanaro (bateria) surgiram no palco do Gillans para abrir os trabalhos da Heaviest com “Time” e seu riff inicial marcante. A Heaviest nasceu no final de 2014 com a proposta de apresentar uma sonoridade autoral bem característica, pesada e moderna, possuindo em sua discografia o full lenght ‘Nowhere’ de 2015, trabalho este muito bem recebido pela crítica especializada.

Heaviest - Gillans Inn - SP - abr-2016 - por Kiko Louco TRM Press II

Pastore agradeceu o público e anunciou a faixa título do trabalho de estúdio “Nowhere”, seguida pela excelente “Decisions” – lançada em vídeo clipe pela banda – recebendo aplausos do público ao final desta. “O tema que abre nosso disco” citou Mario antes de “Buried Alive” – com sua intro característica. E Mario continuou interagindo no intervalo das canções: “e galera, nessa noite gelada aqui, finalmente chegou o frio” citou o frontman, ressaltando na sequência a Rexor e elogiando as bandas brasileiras que fazem som pesado autoral, antes de anunciar “Torment” com seu riff marcante e melodia que gruda na mente – “somebody help me gimme this torment…”.

Pausa para água e “Land Of Sin” seguida por “Resurrection” – segundo Pastore, baseada na inspiração de Guto Mantesso – e um drum solo que resultou em uma das melhores faixas do álbum ‘Nowhere’, o petardo “Finding A Way”, com boa receptividade dos presentes. Os momentos seguintes trouxeram um b-side e covers: “The Mob Inside Me” – presente na versão européia de ‘Nowhere’ –; “a colinha” brincou Mario ao trazer a letra de “Undauted” (Adrenaline Mob cover), aproveitando a colinha ainda em “Absolute Zero” (Stone Sour cover) e “Stricken” (Disturbed cover).

Heaviest - abr-2016 - SP - por André Luiz IV

A banda retomou o repertório ao debut album com a apresentação dos integrantes antes da execução de “Crawling Back”, e após Pastore comentar sobre a venda de merchandising na porta do Gillans, anunciou a faixa derradeira do show, “Betrayed”, encerrando posteriormente os momentos da banda no palco com a tradicional foto do público ao fundo e copo personalizado ao ar – como citado na introdução desta matéria. A Heaviest demonstrou no palco ser mais do que um vocalista icônico ao lado de ótimos instrumentistas, trata-se de um grupo com característica própria e ótimo conjunto, seja pela qualidade do material autoral apresentado ou execução com maestria dos covers propostos, uma banda a qual ultrapassou a barreira da promessa para se tornar realidade na cena nacional.

Set List Heaviest:
Time
Nowhere
Decisions
Buried Alive
Torment
Land Of Sin
Resurrection
Drum Solo
Finding A Way
The Mob Inside Me
Undauted (Adrenaline Mob cover)
Absolute Zero (Stone Sour cover)
Stricken (Disturbed cover)
Crawling Back
Betrayed

O grande público permaneceu no Gillan’s Inn para performance da Rexor que não demorou a iniciar. Wash Balboa (vocal), Adrian Fernandes (baixo), Gleison Torres (bateria) e Wander Cunha (guitarra) surgiram no palco com “Zombie Force”, faixa do EP de 2008 ‘Heavy Metal Forever’, e seguiram de forma ininterrupta com “Sinners” do full lenght ‘Powered Heart’ (2014) e o cover do Accept para “Balls To The Wall”.

Finalmente ocorreu a primeira interação do frontman com o público, e após cumprimentar os presentes, executaram a faixa título do álbum de 2014 “Powered Heart”, seguida por agradecimentos ao Luis do Gillan’s Inn e o petardo “Spirit Of The Dark” do EP de 2008. O set executado continuou mesclando covers e faixas autorais com “Hell Bent For Leather” (Judas Priest cover), “I Scream”, “Running In The Nigth”, até Wash Balboa convidar ao palco Bruno Luiz do Eletric Funeral para participação especial em “Hell Patrol” (Judas Priest cover) – detalhe para o frontman desabafando ao final “cantar essa na frente do Pastore é f***”, recebendo em troca as honras do vocal da Heaviest que assistia a performance da Rexor em meio ao público.

Rexor - abr-2016 - SP - por André Luiz II

“Children Of The Grave” (Black Sabbath cover) seguiu a noite, e “quebrando o decoro” – menção de Balboa sobre a troca na ordem do set list ironizando a situação política brasileira, fazendo referência as votações da camara federal para o impeachment – executaram “H.M.F.”, “Symptom Of The Universe” (Black Sabbath cover) e perfazendo nova quebra de decoro, “Evil Knights”.

Formada no ano de 1999 em São Paulo, a Rexor resgata as raízes do bom e velho Heavy Metal Tradicional com uma pitada mais moderna em suas composições. E uma amostra desta sonoridade veio após o frontman anunciar o baterista Gleison Torres e executarem “Infinite Road”, penúltima faixa do álbum de 2014 a qual animou os presentes.

Rexor - abr-2016 - SP - por André Luiz IV

A parte derradeira do show contou com ”Ace Of Spades” (Motorhead cover), “Perfect Strangers” (Deep Purple cover), um classico de DIO “Holy Diver” após brincadeiras entre os integrantes – Wander Cunha perguntando “todo careca é?” e o Pastore respondendo do público “não não, falei que todo cabeludo é?” – e a despedida com o petardo próprio “Vegas Locomotive” – melhor faixa do ‘Powered Heart’. Em meio a sequências praticamente ininterruptas mesclando faixas autorais e clássicos do heavy metal, o público pôde se divertir com a Rexor e seu carismático frontman Wash Balboa, finalizando uma grande noite voltada a cena nacional. Agradecimentos a TRM Press pela produção e credenciamento de nossa equipe.

Set List Rexor:
Zombie Force
Sinners
Balls To The Wall (Accept cover)
Powered Heart
Spirit Of The Dark
Hell Bent For Leather (Judas Priest cover)
I Scream
Running In The Nigth
Hell Patrol (Judas Priest cover – participação especial Bruno Luiz do Eletric Funeral)
Children Of The Grave (Black Sabbath cover)
H.M.F.
Symptom Of The Universe (Black Sabbath cover)
Evil Knights
Infinite Road
Ace Of Spades (Motorhead cover)
Perfect Strangers (Deep Purple cover)
Holy Diver (DIO cover)
Vegas Locomotive

(Visited 26 times, 1 visits today)