Warrel Dane – 13-04-2014 – Curitiba (Blood Rock Bar)

 Warrel Dane - Curitiba 2014 - por Clovis Roman05

Texto e fotos por Clovis Roman

O evento An Evening With Warrel Dane foi realizado no Blood Rock Bar, em Curitiba. Como o nome indica, os fãs puderam curtir a apresentação do soberbo ex-vocalista do Nevermore e do Sanctuary. Sempre simpático com os presentes, tanto no palco quanto nos bastidores, Dane também esbanjou competência, mesmo estando com a voz um tanto desgastada (ele mesmo admitiu isto no final do show). Fato este que não prejudicou em nada o show, que foi calcado basicamente em sons do Nevermore, com algumas composições solo e material da década de 80, quando ele ainda integrava o Sanctuary.

A apresentação foi aberta com duas canções do disco solo “Praise To The War Machine” e foram “When We Pray” e “The Day The Rats Went To War”, que tiveram boa recepção. Mas a partir de “Narcosynthesis” é que o público reagiu ruidosamente. Após ela, foram mais 6 músicas do Nevermore, entre elas as surpresas “The Termination Proclamation” e “My Acid Words”, que não apareceram nos shows anteriores. Também estiveram presentes a dupla do Dreaming Neon Black, “Poison Godmachine” e “Beyond Within”, além de mais duas do álbum Dead Heart In A Dead World: “Inside Four Walls” e “The River Dragon Has Come”.

A terceira composição solo veio com “Brother”, e ela mostrou como o trabalho dele é admirado por aqui, afinal, o público cantou em peso, e alguns chegaram a derramar lágrimas de emoção. Antes da música seguinte, Dane viu um casal na frente do palco, e pediu para que eles se beijassem. Depois, estendeu o convite a todos os pares do recinto: “Encontrem suas garotas e as beijem, afinal, elas coletaram seus corações”. E então veio “The Heart Collector”, mais um momento emocionante do show. Antes do fim, ainda tivemos as pauladas “Next In Line” e “Enemies Of Reality”. A banda que acompanhou o vocalista, formada por músicos brasileiros, deu conta do recado com muito profissionalismo e competência. Algumas atravessadas aconteceram (principalmente durante “My Acid Words”), mas nada de grave.

Antes do bis, foi possível ver a mão de Warrel Dane atrás da cortina, incitando a galera a gritar seu nome. Logo após, ele retornou com “Born”, a segunda representante do disco This Godless Endeavor da noite. E após a sorumbática “Dreaming Neon Black” (cujo refrão, especialmente na parte final “Meet me in the drowning pool of tears, And wash away my innocence and fear”, foi cantada por basicamente todos os presentes), finalmente duas músicas do Sanctuary apareceram: “Taste Revenge” e “Future Tense”, na sequência, para saciar os fãs do início de sua carreira. O fim definitivo veio após outra rápida pausa: a faixa título “Dead Heart In A Dead World”.

Warrel Dane - Curitiba 2014 - por Clovis Roman06

A apresentação foi excelente, como era de se esperar de um vocalista soberbo como Warrel Dane. E resta a todos agora aguardar que ele cumpra a promessa feita durante o show: “Haverá uma próxima vez [em Curitiba]. Na próxima vez nós vamos tocar [o disco] Dead Heart In A Dead World na íntegra. Não estou brincando, [tocaremos] o disco completo”. E encerrou questionando: “Vocês estarão aqui para ver isto?”. A resposta é óbvia.

Agradecimentos a Kenia Cordeiro; e a Hamilcar Zaim e Roberta Prado, da Damar Productions, pelo show excepcional.

Setlist
When We Pray
The Day the Rats Went to War
Narcosynthesis
Inside Four Walls
Beyond Within
Poison Godmachine
The Termination Proclamation
My Acid Words
The River Dragon Has Come
Brother
The Heart Collector
Next In Line
Enemies of Reality
Born
Dreaming Neon Black
Taste Revenge
Future Tense
Dead Heart In A Dead World

Abaixo, um registro amador do show, que mostra a parte que ele promete voltar e tocar o disco Dead Heart In A Dead World na íntegra.


(Visited 25 times, 1 visits today)